ITÁLIA, Florença - Após um longo período fechado, de acordo com as normas governamentais de combate ao Covid-19, o Museo Salvatore Ferragamo reabriu as portas no dia 18 de maio, para o público em Florença, Itália.


Hall do Museo Ferragamo (Foto: divulgação)

A decisão foi tomada, também, para atender às demandas de muitos jovens e escolas que reservaram o ingresso para a exposição em março e abril, mas não puderam visitá-la.

A resolução de prolongar a exposição suspensa “Sustainable Thinking” foi motivada pelo fato de que as questões em torno da sustentabilidade e da responsabilidade social continuam tão relevantes quanto antes. O Museo reabre com a total segurança dos colaboradores e visitantes, sabendo que a saúde é primordial, assim como a cultura, a arte e a beleza, necessárias para a alimentação do coração e da alma.

A reabertura do Museo Salvatore Ferragamo marca o retorno à normalidade para a cidade e a região.



Piazza STrinita, Itália (Foto: divulgação)

Exposição Sustainable Thinking
A mostra explora a sustentabilidade da Ferragamo deste o pioneirismo do fundador da marca Salvatore Ferragamo, em seu uso revolucionário de materiais naturais, reciclados e inovadores até os experimentos mais recentes da empresa com materiais e técnicas ecologicamente corretos.

Concebida por Stefania Ricci, diretora do Museo Salvatore Ferragamo e Fondazione Ferragamo, com Giusy Bettoni, Arabella S. Natalini, Sara Sozzani Maino e Marina Spadafora, a exposição compartilha uma perspectiva artística/cultural sobre a questão vital da sustentabilidade, vista como “desenvolvimento que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer suas próprias necessidades” (The Brundtland Report, 1987).

www.ferragamo.com

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31