SÃO PAULO, São Paulo - O Educativo do Museu Republicano “Convenção de Itu” e o Programa LER É UMA VIAGEM prepararam uma programação gratuita de férias. no dia 13 janeiro, às 18h30, acontece a palestra O Patrimônio Cultural e os afetos: propostas de ações educativas.

Os Programas Educativos do Museu Republicano “Convenção de Itu” buscam desenvolver pesquisas e elaborar estratégias educativas que atendam aos diferentes públicos do Museu Republicano. São eles: Programa de Orientação para Professores, Programa de Visitas Orientadas e o Programa “Debaixo do pé de Pitanga”. Mestre em História Cultural pela Unicamp e responsável pelo Educativo do MRCI, Aline Zanatta irá abordar as propostas de ações educativas desenvolvidas.

O museu fica na Rua Barão do Itaim, 67, Centro - Itu, em São Paulo. Telefone: (11) 4023-0240 - ramal 3.

 

Fonte: USP

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 11/01/2016 - 21 visitas até 12:22h)

 

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) está com inscrições abertas para processo seletivo simplificado para Professor Assistente na Área de Museologia e Comunicação/Expografia, com carga horária de 40 horas semanais.

O contrato é de 3 meses, com remuneração no valor de R$ 2.814,01.

Os interessados deverão atender aos requisitos para concorrer à vaga de Professor Assistente A na área supracitada, conforme estabelecido no edital n. 2 de 7 de janeiro de 2016:

- Bacharelado em Museologia, Arquitetura, Comunicação Social ou Visual, Cenografia ou áreas afins.

- Mestrado: Museologia, Comunicação Social ou Visual, Arquitetura ou áreas afins.

 

Documentação exigida:

I- Currículo Lattes devidamente comprovado, acompanhado com o Histórico Escolar; 

II- original e cópia de documento oficial de identidade e CPF; 

III- comprovante do pagamento da taxa de inscrição; 

IV- No ato da inscrição o candidato deverá declarar que conhece e aceita as instruções vigentes para o processo seletivo; 

V- Não serão aceitos requerimentos de inscrição com documentação incompleta, nem com cópias ilegíveis da documentação exigida, bem como documentação rasurada.

A taxa de inscrição no valor de R$60,00 deverá ser paga no Banco do Brasil, mediante Guia

de Recolhimento da União - GRU, disponível no guichê do caixa ou no sítio www.stn.fazenda.gov.br, a ser preenchida com os códigos: UG 154034, Gestão 15255, Código GRU 28883-7.

Clique aqui para acessar a íntegra do edital.

 

Fonte: Editoria RM (com informação do DOU)

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 11/01/2016 - 23 visitas até 12:08h)

 

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O Museu Nacional (MN) inaugurou, no último dia 6 de janeiro, a exposição “José Cândido de Melo Carvalho: Memórias de um Naturalista”, que conta a trajetória de um dos diretores mais ativos do museu (1955–1961). Através de objetos pessoais, fotografias e documentos, a mostra apresenta o pesquisador desde a sua infância até os seus últimos dias à frente da instituição, onde dedicou uma vida inteira ao ensino superior e à Ciência.

O professor José Cândido foi responsável pela revitalização das exposições do Museu Nacional, bem como por diversas publicações, eventos, cursos e trabalhos científicos que ajudaram a colocar a instituição como uma das mais importantes da América Latina.

Serviço:

Exposição “José Cândido de Melo Carvalho: Memórias de um Naturalista”

Aberta ao público de terça a domingo, das 10 às 17 horas, e as segundas, das 12 às 17 horas.

Quinta da Boa Vista – Bairro Imperial de São Cristóvão – Rio de Janeiro

Ingressos: R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia)

Gratuidade: crianças até 5 anos e portadores de necessidades especiais

Telefone: (21) 3938-6900

 

Fonte: Editoria RM (com informações da UFRJ)

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 11/01/2016 - 20 visitas até 12:28h)

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Fundação Universidade de Brasília - FUB informa que estão abertas as inscrições no período de 11 a 22 de janeiro para contratação de Professor Substituto na área de Teoria e Prática Museológica, com carga horária de 20 horas e remuneração no valor de R$2.018,77 (Dois mil e dezoito reais e setenta e sete centavos). O requisito básico é a graduação em Museologia. 

O candidato aprovado ficará lotado na Faculdade de Ciência da Informação, localizada no Edifício da Biblioteca Central Brasília (BCE) - Entrada Leste - Campus Universitário Darcy Ribeiro - Asa Norte - Brasília - DF, CEP: 70.910-900. Telefone: (61) 3107-2635. Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos:

a) cópia do documento de identificação. No caso de candidato(a) estrangeiro(a), deverão apresentar o passaporte;

b) currículum vitae, devidamente comprovado;

c) ficha de inscrição, preenchida e assinada.

Maiores informações: http://www.dgp.unb.br 

 

Fonte: Editoria RM (com informações do DOU) 

 

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 11/01/2016 - 23 visitas até 12:25h)

DISTRITO FEDERAL, Brasília - A Fundação Casa de Rui Barbosa é conhecida pelo rico acervo de livros, preservação da memória do escritor baiano que dá nome à instituição, pesquisas nas áreas filológica, histórica, de direito, de política cultural e pelo seu rico jardim. Além das experiências tradicionais, a Casa também oferece três sites que possuem documentos históricos disponíveis on-line e que aproximam quem não dispõe de tanta facilidade de visitar presencialmente a Casa, localizada no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. Os sítios RBonline, O Malho e o Memória Escravidão são unidos pelo objetivo comum de ampliar o acesso à informação e à pesquisa. 

O baiano Rui Barbosa foi escritor, orador, jurista e jornalista, além de ter presidido a Academia Brasileira de Letras após a morte de Machado de Assis, de 1908 a 1919. Sobre Rui, a plataforma RBonline reúne, on-line, as obras, coleções de livros, documentos e objetos que pertenceram a ele. Ao navegar no site, é possível encontrar mais de 130 documentos feitos pelo próprio Rui, livros de sua autoria, cartas familiares e clássicos de sua coleção particular, como A Divina Comédia, de Dante Anglieri. É possível, ainda, visitar virtualmente o museu e o jardim da Casa. É uma imersão no mundo da Casa de Rui direto do computador.

Em outra frente, o site Memória Escravidão, conforme o nome diz, trata de um assunto presente desde a colonização e que faz parte da história do Brasil: a escravidão. O sitio conta com um conteúdo rico em livros, artigos, exposições, jogos, quiz, caça-palavras e sugestões de outras fontes de pesquisa, como museus, sites, artigos, autores. Cada nova aba do site convida o leitor a aprender de forma mais profunda sobre a origem dos negros africanos em solo brasileiro e, fatalmente, a nossa identidade enquanto povo brasileiro. 

É inegável que o Brasil tem uma diversidade cultural e étnica ampla e que a vinda dos negros africanos para serem escravizados deixou marcas na pele, na economia, nas famílias e na cultura do País. Ser brasileiro significa ter na sua história várias influências desse povo. No último Censo, realizado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 53% da população se autodeclarou negra. A plataforma se propõe a ampliar o acesso aos conhecimentos relacionados ao tema e a documentos do acervo da FCRB.

O terceiro e último site é O Malho, que conta com todas as publicações da revista humorística brasileira, criada em 1902, que especializada em satirizar os fatos políticos e costumes da época. A revista foi a primeira publicação do Brasil a substituir a pedra litográfica por placa de zinco. A inovação tecnológica deu impulso para que a arte da charge e da ilustração fosse mais presentes na imprensa. Algumas de suas charges foram assinadas por Nair Tefé, a primeira cartunista mulher brasileira, além de pintora, cantora e atriz. 

Em 1930, O Malho combateu a Aliança Liberal de Getúlio Vargas e, por isso, teve a sede incendiada e foi impedido de circular por um breve período. Em 1954, a última edição da revista foi publicada com notícias e obras de literatura. O projeto foi realizado com apoio da Lei Rouanet e, no site, é possível folhear todas as publicações e entender um pouco mais da evolução tecnológica, da imprensa e da história do Brasil.

 

Link dos sites:

RB Online

Memória Escravidão - http://www.memoriaescravidao.rb.gov.br/ 

O Malho

 

Fonte: MinC - Mariana Menezes

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 10/01/2016 - 24 visitas até 12:39h)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31