RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Biblioteca Nacional festeja o dia 12 de março, Dia do Bibliotecário, com o evento de lançamento do livro “O Leigo e a Especialista – memórias da administração da Biblioteca Nacional nas décadas de 60 e 70“, de Luciana Grings, bibliotecária, servidora da FBN e doutora em Memória Social pela UNIRIO

O livro é produto da tese de doutoramento defendida por Luciana Grings em 2018. Trata-se de importante referência para que se possa traçar um panorama histórico e institucional da Biblioteca Nacional. A proposta do texto é evidenciar que o caráter técnico oferecido pela biblioteconomia permitiu uma administração mais eficiente da instituição, em especial na administração de Jannice Monte-Mór, nos anos 1970.

Há várias lições que “leigos” e bibliotecários podem aprender com a tese, e que podem ser divididas em cinco grandes tópicos
- Primeiro, como a eficiência institucional é capaz de transcender circunstâncias políticas nacionais;
- Segundo, há curiosidades e informações centrais a respeito da memória institucional da Biblioteca Nacional;
- Terceiro, depreende-se do texto a importância das avaliações externas para o aperfeiçoamento institucional - especialmente quando se trata de órgãos técnicos nacionais e internacionais, e de vertentes que não se restrinjam às ciências humanas e sociais;
- Quarto, Grings demonstra como a Biblioteca Nacional requer um permanente trabalho de comunicação, para exercer o papel de defesa institucional perante o próprio público, assim como uma preocupação permanente com as dinâmicas do poder, e assim manter a capacidade de arrecadação de recursos para realizar projetos e reformas; e,
- Quinto, e quiçá o mais importante, a autora identifica o caráter da Biblioteca Nacional, ou, das Bibliotecas Nacionais, expressando como e porque a instituição está num patamar único das grandes e mais importantes bibliotecas, e que não pode se equiparar às demais no país, pois está acima delas, inclusive porque lhe cabe naturalmente protegê-las e direcioná-las. Ademais, a Biblioteca Nacional é muito mais do que uma biblioteca, é um patrimônio permanente da nação brasileira.


Adonias Filho e convidados em inauguração de exposição na Biblioteca Nacional - Autor e data não identificados (Divisão de Iconografia/FBN)


O livro completo será disponibilizado em breve para acesso online.

O evento de lançamento contará com a autora, Luciana Grings, e duas convidadas: a Coordenadora-Geral do CCSL, Maria José da Silva Fernandes, e a ex-Diretora Geral da Biblioteca Nacional e ex-Diretora da FBN, professora Titular aposentada da UFF, dra. Célia Zaher.

A transmissão será feita através do canal da Fundação Biblioteca Nacional no Youtube.

Fonte: FBN - Luiz C. Ramiro Jr. (CPE-FBN)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31