MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Iniciativas devem reunir garotas do ensino fundamental e médio


Estudante no Laboratório de Micologia do ICB (Lucas Braga | UFMG)

Professores da rede básica de ensino, docentes universitários, profissionais de museus de ciências e de organizações da sociedade civil poderão apresentar propostas em uma chamada pública aberta pelo Museu do Amanhã, pelo British Council e pelo King’s College of London para incentivar a participação de mulheres nas áreas de ciências exatas e naturais.

A iniciativa Garotas STEM: formando futuras cientistas dará apoio financeiro e técnico a 15 propostas já desenvolvidas no Brasil no âmbito dos ensinos fundamental e médio. Os projetos escolhidos receberão até R$ 12 mil, e os seus responsáveis receberão treinamento sobre o ensino inclusivo de gênero na área das ciências.

As propostas podem ser inscritas até 25 de abril, no site do Museu do Amanhã. O resultado da seleção será divulgado dois dias após o encerramento das inscrições. O apoio financeiro começa a ser liberado em maio e vigora até dezembro deste ano. O treinamento também terá início em maio, o primeiro com oito semanas de duração.

Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fonte: UFMG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31