RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Estão abertas até dia 07 de junho de 2021 as inscrições para a segunda turma do curso Artes Visuais + Educação + Acessibilidade + De colonialismo, do projeto Um Novo Olhar, para capacitação de educadores


Foto: divulgação

O curso faz parte da série Arte/Educação + Acessibilidade + Inclusão, tem coordenação de conteúdo do professor Robson Xavier e conta ainda com a participação dos professores Leandro Garcia e Sara Nina. As aulas assíncronas serão ministradas no Ambiente Virtual de Aprendizagem da UFRJ, a partir de 14 de junho, podendo ser concluídas até o dia 08 de agosto de 2021. Haverá emissão de certificado, com carga horária de 48 horas, para os cursistas que obtiverem aprovação por meio de uma avaliação sobre o conteúdo apresentado. O Um Novo Olhar faz parte do programa Arte de Toda Gente, uma parceria da Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site do projeto – www.umnovoolhar.art.br. Estão sendo oferecidas 120 vagas para cada uma das cinco regiões do país – Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul –, que serão preenchidas por ordem de inscrição. No total serão 600 vagas para o curso. Todo o material do curso contará com tradução em libras, audiodescrição e legendagem para surdos e ensurdecidos

Dividido em seis módulos, o Curso Artes Visuais + Educação + Acessibilidade + Decolonialismo trata das relações entre a Acessibilidade Cultural e o Ensino das Artes Visuais no Brasil a partir de uma perspectiva não linear e não hegemônica. O conteúdo inclui questões como formação de públicos, acesso aos bens culturais, espaços de criação e protagonismo. O objetivo é tornar possível uma abordagem acessível e abrangente das concepções de educação formal, não formal e suas implicações no ensino das artes visuais na perspectiva decolonial. O foco estará nas implicações políticas da luta para a consolidação do ensino da arte na educação básica, valorização da arte como área de conhecimento e ampliação da acessibilidade cultural no Brasil.

Os professores
Robson Xavier é artista visual e curador. Ele é pós-doutor em Estética e História da Arte pelo MAC USP; doutor em Arquitetura e Urbanismo pela UFRN, com mobilidade na Universidade do Minho - Portugal; mestre em História pela UFPB; especialista em Educação Especial pela UFPB; com formação em Arteterapia pela Clínica Pomar - RJ; licenciado em Artes Plásticas pela UFPB. professor/pesquisador do Departamento de Artes Visuais e dos Programas de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV UFPB/UFPE) e Computação, Comunicação e Artes (PPGCCA), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). É também líder do Grupo de Pesquisa em Arte, Museus e Inclusão (AMI/UFPB/CNPq).

Leandro Garcia é doutorando em Artes Visuais na Universidade de Brasília (UnB); mestre em Artes Visuais pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), na área de Ensino de Artes Visuais; especialista em Cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); graduado em Licenciatura de Artes Visuais (UFRN) e membro do Grupo de Pesquisa Metodologias, Educação e Materiais em Artes Visuais (UnB). Arte-educador, artista multimídia e designer digital, atua entre outras áreas em processos autobiográficos, moda, apropriação fotográfica em redes sociais e poéticas da visualidade. Atualmente, dedica-se a pesquisa de metodologias de investigação baseada em artes, a/r/tografia, autoformação, pintura autobiográfica em técnicas mistas e com utilização de materiais alternativos, assim como, a construção subjetiva da identidade no ensino formal e não-formal de artes.

Sara Nina é artista, professora e pesquisadora. Sonha em democratizar o acesso à Arte Educação e vê, com isso, a possibilidade de revolucionar a Educação como um todo. É graduada em Artes Plásticas, licenciada em Artes Visuais, especialista em Educação Inclusiva e mestre em Artes Visuais pela UFPB. Publicou, dentre outros livros, "Travessia dos Sentidos: estratégias de mediação multissensorial e inclusiva no Sobrado Dr. José Lourenço em Fortaleza-CE". É ilustradora infantil e toca o projeto "Artografismos", canal no YouTube, blog e instagram. É cearense e, atualmente, mora em São Paulo.

O projeto Um Novo Olhar
O objetivo do projeto Um Novo Olhar é promover a acessibilidade e a inclusão de crianças, jovens e adultos com algum tipo de deficiência, por meio das artes e da capacitação de professores e de regentes para coro. Com a exibição online de shows e oficinas, vídeo podcasts (vodcasts) e "lives" sobre arte e acessibilidade e uma série de publicações, a iniciativa tem também como alvo ampliar a percepção de toda a sociedade sobre as deficiências. O trabalho integra o programa Arte de Toda Gente, desenvolvido em conjunto pela Funarte e pela UFRJ, por meio da Escola de Música da Universidade.

Serviço
Curso Artes Visuais + Educação + Acessibilidade + Decolonialismo do projeto Um Novo Olhar
Inscrições: até dia 07/06/2021, através do site www.umnovoolhar.art.br
Aulas: em ambiente restrito aos inscritos, se iniciam em 14/06. O curso poderá ser concluído até 08/08/2021

Realização
Fundação Nacional de Artes – Funarte | Secretaria Especial da Cultura | Ministério do Turismo
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Curadoria: Escola de Música da UFRJ

Atividades e mais informações disponíveis no site do projeto.

Informações sobre esse e outros programas da Funarte
www.funarte.gov.br

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31