SÃO PAULO, São Paulo - Espaço cultural localizado no Higienópolis ocupa palacete histórico e apresenta-se ao público com exposição coletiva de artistas contemporâneos nacionais


Instituto Artium (Foto: divulgação)

O Instituto Artium, entidade cultural sem fins lucrativos, fundada em 2019, abre as portas para o público com exposição coletiva inédita intitulada "Semana de 21" com curadoria do também artista plástico e fotógrafo Alberto Simon.

Localizado na Rua Piauí, no bairro Higienópolis, o instituto ocupa uma edificação de 1500 m2 centenária que passou por um minucioso trabalho de restauro visando a manutenção e recuperação do patrimônio. O Instituto foi fundado com o intuito de ser um espaço cultural com programação anual de atividades, viabilizando projetos e ações educativas envolvendo artes visuais e cênicas.

História do Palacete
O Palacete Stahl de arquitetura eclética, foi construído no estilo Luis XVI modernizado, entre 1920 e 1921. Seu desígnio era hospedar o primeiro consulado da Coroa Sueca, em São Paulo, e servir de residência ao Cônsul-Geral, o Comendador Gustav Stahl.

Em 1924 foi comprado pelo Coronel José de Souza Ferreira, cafeicultor em Itapira, SP, e se tornou residência unifamiliar. O banqueiro e fazendeiro Francisco José Perreira Leite adquiriu o imóvel em 1932.


Instituto Artium (Foto: divulgação)

O Império do Japão adquiriu a residência em 1940, para servir como território consular e hospedar seu Cônsul-Geral. Com o ataque a Pearl Harbour, em dezembro de 1941, o corpo diplomático japonês deixou o Brasil,um ano depois, e passou à guarda para a representação diplomática da Espanha na cidade e, depois, à guarda da Coroa da Suécia. Em 1951, o palacete é reaberto pelo governo do Japão, como escritório de representação.

Em 1970, o então Cônsul-Geral Nobuo Okuchi foi sequestrado no cruzamento das ruas Alagoas e Bahia, por um grupo contrário ao governo. Ele foi libertado cinco dias depois em troca de presos políticos. Dez anos depois, o governo do Japão transferiu sua residência consular e o palacete Stahl perdeu seu uso.

Após todos esses acontecimentos, tem início um período marcado por décadas de severa deterioração, até ser tombado, em 2005, pelo Conpresp. O palacete Stahl é reconhecido como patrimônio histórico. O atual proprietário o adquire em 2007.

A partir de janeiro de 2020, o Instituto Artium transferiu sua sede para o palacete e tem início o cumprimento da determinação do Conpresp de restaurar sua fachada com a remoção da pintura e massa acrílica acrescidas, revelando sua textura original recoberta por massa cimentícia áspera, colorida por velatura especial, que remete ao limestone francês, característico das construções da época. Além disto, são restauradas algumas características ornamentais e decorativas internas, originais de sua construção.

Adaptando o imóvel para os compromissos ambientais assumidos pelo Instituto Artium, estão em curso estudos para instalar sistema de coleta de água pluvial para reuso de painéis solares para geração própria de energia renovável. O Instituto Artium pratica a coleta seletiva de todo o resíduo que produz e incentiva seus prestadores de serviço a fazerem o mesmo.


Obra de Renata de Bonis na exposição coletiva 'Semana de 21', no Instituto (Foto: divulgação)

Exposição "Semana de 21"
"Semana de 21", trata-se de uma exposição coletiva que reúne um apanhado da produção atual de artistas de diversas gerações que vivem e atuam em São Paulo. O projeto curatorial e expositivo não é orientado por um tema propriamente dito, mas pelas circunstâncias temporais e espaciais nas quais a mostra acontece.

As obras, assim como o projeto expositivo, não pretendem "dialogar" com o espaço, porém tornar evidente e de forma visível o contraste que signifique os 100 anos que separam a construção do consulado até sua reabertura como Instituto Artium, às vésperas do centenário da Semana de Arte Moderna de 22.

Tanto a arquitetura exterior quanto a interior do palacete são condizentes com a época em que foi construído. Nessa época, São Paulo já era um local que criava uma atmosfera propícia para que manifestações modernistas pudessem despontar, uma vez que a industrialização da capital já estava a todo vapor e ainda se expandia vertiginosamente nas décadas seguintes. Por outro lado, essa mesma São Paulo ainda não havia sido capaz de tornar sua modernidade visível, fosse nas manifestações artísticas, na arquitetura ou na sua absorção de "novos costumes". Foi a partir da década de 20 que se viram as primeiras construções em estilo modernista assim como a seminal Semana de Arte Moderna, um marco na história da cidade e do país.

Fazendo conexão com todas as mudanças desses tempos passados, 2020 e 2021 foram marcados por acontecimentos que não se conheciam e caminhamos para um mundo que em muitos aspectos será diferente daquele que conhecíamos, por isso, o Instituto Artium acredita ser oportuno inaugurar um novo espaço voltado às artes visuais, com uma exposição que celebra a diversidade de linguagens e mídias, sem uma proposta de coesão visual ou de conteúdo, mas que com obras de 18 artistas possa de forma explícita representar a enorme complexidade do mundo atual e trazer um horizonte de retorno à normalidade em um mundo pós pandêmico.

A exposição tem início dia 7 de agosto de 2021, gratuita, e aberta ao público. O espaço está com a capacidade reduzida seguindo as orientações do governo estadual em relação à pandemia de Covid-19.


Obra de Thomas Rosa (Foto: divulgação)

Os artistas convidados
Adriano Costa
Alexandre Canonico
Bruno Baptistelli
Cleo Dobberthin
Daniel Albuquerque
Dudi Maia Rosa
Erika Verzutti
Fabio Miguez
Leda Catunda
Marcelo Cipis
Marcius Galan
Maria Noujaim
Paula Scavazini
Pedro Caetano
Renata De bonis
Renata Lucas
Thomaz Rosa


Obra de Eryka Verzutti (Foto: divulgação)

Serviço
Endereço: Rua Piauí, 874 - Higienópolis, São Paulo - SP - Brasil - 01241-000
Período: De 07/08 a 10/10
Horários de funcionamento: Terça a domingo das 10:00 as 19:00
Exposição gratuita
Agendamento online pelo site https://www.eventim.com.br/

Ficha técnica
Sobre Artium
O Instituto Artium, entidade cultural sem fins lucrativos, atuante na cidade de São Paulo, desde 2019, foi criado com o objetivo de ser um espaço cultural com programação anual de atividades permanentes, viabilizando projetos e ações educativas envolvendo as artes visuais e cênicas. O palacete histórico, sede da entidade, localizado no bairro de Higienópolis, é aberto ao público com acesso gratuito e toda programação pode ser conferida diretamente no site institutoartium.com/.

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31