PARANÁ, Curitiba - O governador Carlos Massa Ratinho Jr. anunciou na manhã de quinta-feira (22/07) em participação virtual no I Congresso Internacional da Abraseda e 37º Encontro Estadual de Sericicultura a criação do Palácio da Seda, em Curitiba


Foto: Kraw Penas/SECC

Instalado na histórica Casa Andrade Muricy, na esquina da Rua Saldanha Marinho com a Alameda Dr. Muricy, o Palácio da Seda está sendo projetado para ser um espaço cultural pulsante que reunirá arte e ciência, exposições e incentivo à criatividade do design com a seda.

A produção do casulo de seda coloca o Paraná numa posição privilegiada. O Brasil é o maior produtor de fio de seda do Ocidente e, segundo a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, o Paraná é responsável por 83% de toda a produção nacional.

A atividade está presente em cerca de 180 municípios paranaenses e soma 2.400 sericicultores. A sericultura gera perto de 8 mil empregos diretos e indiretos, sendo particularmente atraente para pequenas áreas entre 2 e 5 hectares. O bicho da seda se alimenta da folha da amoreira, uma cultura limpa que utiliza preferencialmente adubo orgânico.

“Além disso, o fio da seda produzido no Brasil tem alta qualidade, abastecendo o mercado de luxo europeu. Então nada mais justo que tenhamos um espaço dedicado a essa cultura milenar, fazendo a relação entre o campo, onde tudo começa, e a transformação desse fio em obras de arte, roupas, objetos e acessórios extremamente interessantes e sustentáveis”, afirma a superintendente-geral da Cultura, Luciana Casagrande Pereira, que também participou do evento, a convite da Abraseda.

O Palácio da Seda se somará às instituições culturais do Estado do Paraná e será um local de encontros e visitação para a população e turistas do mundo inteiro que passam pela capital. A Casa Andrade Muricy foi construída entre 1923 e 1926, em estilo eclético. Sede de vários órgãos públicos no decorrer dos anos, foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Paraná, em 1977. O imóvel leva nome do escritor curitibano José Cândido de Andrade Muricy (1895-1984), neto do médico baiano Dr. Muricy, que batiza a Alameda onde se situa o edifício.

O Palácio da Seda está em fase projetual e as obras de readequação do imóvel devem começar em 2022.


Foto: Kraw Penas/SECC

Fonte: SECC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31