DISTRITO FEDERAL, Brasília - No local já foram encontrados quatro canhões antigos, um deles descoberto recentemente


A Estação João Felipe é tombada pelo Iphan em função de seus valores histórico, artístico e cultural. (Foto: Iphan/CE)

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) iniciou o processo de registro do sítio arqueológico da Estação Ferroviária João Felipe, em Fortaleza (CE). No local foi encontrado um canhão de cerca de três metros de comprimento. O artefato foi descoberto em agosto, durante as obras de restauro da Estação.

A área onde está localizado o complexo ferroviário possui elementos fundamentais à compreensão do processo de ocupação da cidade de Fortaleza.

Além da descoberta recente, o local também já resultou no achado de outros três canhões – um datado do século XVII e dois do período entre o final do século XVIII e início do século XIX. As peças foram desenterradas na década de 1970 e atualmente estão sob guarda do Comando da 10ª Região Militar de Fortaleza.


(Foto: Iphan/CE)

O entorno da Estação Ferroviária também apresenta outros marcos urbanos, como o antigo Cemitério São Casemiro, construído na década de 1840; a Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção; o prédio da antiga Cadeia Pública de 1850; e o Paiol da Pólvora, localizado no Passeio Público. Todos estão inseridos no Centro Histórico de Fortaleza, cujo conjunto urbano está em processo de tombamento pelo Iphan.

O pedido de registro do sítio foi encaminhado e aguarda o reconhecimento por parte do Centro Nacional de Arqueologia (CNA), unidade especial do Iphan, autarquia federal vinculada à Secretaria Especial da Cultura e ao Ministério do Turismo.

“A próxima etapa é iniciar uma pesquisa detalhada, com o objetivo de identificar todo o acervo arqueológico do local”, explica o superintendente do Iphan no Ceará, Cândido Henrique. “Já foram encontrados quatro canhões antigos, então é possível que existam muito mais evidências arqueológicas nesse sítio”, acrescenta.

A Estação João Felipe
A Estação João Felipe está em obras de restauro e requalificação, sob responsabilidade do Governo do Estado do Ceará. O local abrigará a sede da superintendência do Iphan no Ceará, além da Estação das Artes, um complexo turístico e cultural de gestão estadual.

A Antiga Estação Central foi inaugurada em 1873. É um bem tombado pelo Iphan em função de seus valores histórico, artístico e cultural. A atual edificação foi projetada e construída no local do Antigo Cemitério de São Casemiro, em 1877. Em 1946 passou a se chamar Complexo Ferroviário Dr. João Felipe.

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30