MINAS GERAIS, Belo Horizonte - A série de entrevistas Eu vi o mundo, idealizado pelos professores Dawisson Belém, da UFMG, e Guilherme Casarões, da Faculdade Getúlio Vargas São Paulo (FGV-SP), promoveu uma conversa inédita com o cantor e compositor Gilberto Gil


O cantor e compositor Gilberto Gil foi ministro da cultura de 2003 a 2008 (Fernando Frazão | Agência Brasil)

O conteúdo ficará acessível no YouTube a partir desta sexta, 15 de outubro de 2021, às 9h.

Durante a conversa, Gil abordou questões como a sua experiência profissional, ainda recém-formado, numa empresa multinacional, a sua trajetória musical a partir das principais vivências no exterior e a relação entre o movimento Tropicália e a contracultura mundial.

O cantor, que foi ministro da Cultura de 2003 a 2008, também falou da influência da Jamaica e do continente africano em sua obra, dos desafios da globalização da música na era digital e da situação da cultura no Brasil hoje.

A conversa integra série de 15 entrevistas com brasileiros ilustres. Também passaram pelo canal personalidades como Ciro Gomes, Miguel Nicolelis, Monica de Bolle e o General Santos Cruz, dentre outros.

Os entrevistadores
Dawisson Belém, do Departamento de Pós-Graduação em Ciência Política Fafich, é graduado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), mestre em Ciência Política pela UFMG e doutor pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp-Uerj). É diretor-adjunto de Relações Internacionais da UFMG.

Guilherme Casarões é doutor e mestre em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Relações Internacionais pela Universidade Estadual de Campinas (Programa San Tiago Dantas) e especialista em História e Culturas Políticas pela UFMG. Graduado em Relações Internacionais pela PUC-MG, é professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da FGV-SP.

Fonte: UFMG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31