RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Troca na diretoria do Instituto garante mais celeridade aos processos

Mosteiro de São Bento de Mussurepe, em Campos, RJ (divulgação: Inepac)

Antigo Hangar do Zeppelin, em Santa Cruz, RJ (divulgação: Inepac)

A troca no comando do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) tem rendido bons frutos em pouco tempo. Nesta semana, foram publicados dois tombamentos no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro: o Antigo Hangar do Zeppelin, em Santa Cruz, na capital, e o Mosteiro de São Bento de Mussurepe, na cidade de Campos. Com isso, os locais passam a constar na lista de bens culturais e históricos do Estado.

De acordo com a nova diretora do Inepac, Ana Cristina Carvalho, que assumiu a direção geral no último dia 13 de outubro, a proposta da atual gestão é estabelecer procedimentos que recomponham as atribuições de proteção e fiscalização conferidas legalmente ao órgão.

"Estamos trabalhando para viabilizar os casos de compensação, restauração e conservação do patrimônio histórico e cultural, seja para manutenção do bem pelo proprietário, seja para utilização e fruição pelo particular, conferindo atividades econômicas ou culturais que permitam a sustentabilidade do bem tombado. A troca da gestão também foi pensada no sentido de priorizar o diálogo com a Casa Civil e ampliar o entendimento da importância do tombamento, dando mais celeridade aos processos", explica Ana Cristina Carvalho.


Ana Cristina Carvalho  (divulgação: Inepac)

Para a Secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros, estes tombamentos são de vital importância para a preservação e manutenção da memória fluminense.

"Esperamos que estes espaços sejam ocupados de forma que valorizem a importância histórica e cultural de cada um. São construções ímpares, com uma qualidade arquitetônica singular e que fazem parte da história do Rio de Janeiro", destaca Danielle Barros.

Mosteiro de São Bento de Mussurepe
Fundada pelo Frei Bernardo de Montserrat, a construção é datada do século XVII, uma das mais antigas de Campos dos Goytacazes. O Mosteiro encontra-se na área rural do município, a 31 km do centro da cidade. O conjunto arquitetônico é formado pelo convento, a igreja, uma oficina e o cemitério.

O Mosteiro foi nomeado em homenagem a São Bento, nascido em 24 de março de 480 DC, na região de Nórcia, próximo a cidade italiana de Espoleto. De acordo com a tradição, ele foi santificado por ter vencido duas ciladas armadas pelo Diabo.


Mosteiro de São Bento de Mussurepe, em Campos, RJ (divulgação: Inepac)

Hangar do Zeppelin
O espaço localiza-se nas dependências da Base Aérea de Santa Cruz, unidade da Força Aérea Brasileira, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. A edificação é datada de 1936 e foi construída para abrigar os dirigíveis alemães conhecidos como zeppelin.

Atualmente é um dos últimos hangares de dirigíveis existentes e um dos mais bem conservados do mundo. Possui 274 metros de comprimento, 58 metros de altura e 58 metros de largura.


Antigo Hangar do Zeppelin, em Santa Cruz, RJ (divulgação: Inepac)

Serviço
Endereços
Mosteiro: Rua Tenente César, n° 111, Santa Cruz, Rio de Janeiro
Hangar: Estrada Rural, s/nº, Baixa Grande, Distrito de Mussurepe, Campos dos Goytacazes
www.cultura.rj.gov.br

Fonte: Governo RJ

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31