RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Voltado a restauradores, engenheiros, arquitetos, museólogos, bibliotecários e arquivistas, o evento será realizado via Google Meet

O Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) oferece, remotamente, o XVIII Curso de Segurança de Acervos Culturais, nos dias 15, 17, 19, 22 e 24 de agosto. O curso aborda a segurança de forma ampla, abrangendo a proteção do acervo, do prédio e das pessoas. Assim, o curso ressalta a importância de medidas preventivas e de avaliações de risco, partindo da premissa de que a segurança de um bem cultural envolve aspectos multidisciplinares. Para facilitar o aprendizado, as aulas estão estruturadas em disciplinas que visam a introduzir os princípios que fundamentam uma política de segurança institucional.

O curso é destinado a conservadores, restauradores, engenheiros, arquitetos, museólogos, bibliotecários, arquivistas, dirigentes de instituições culturais e profissionais que estejam diretamente envolvidos com a preservação de acervos culturais. A organização do evento é da Coordenação de Pesquisa e Arquivo (COPEA) do MAST. A carga horária é de 40 horas (teoria e prática), em regime de tempo integral (8h/dia). É necessário possuir o ensino médio completo.As inscrições podem ser feitas até o dia 17 de julho, pelo telefone (21) 3514-5270 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. O valor do curso é de R$ 100 para profissionais e de R$ 50 para estudantes. Haverá emissão de certificado para os participantes.

Confira abaixo a programação:
Dia 15 - segunda-feira

8h - Abertura
8h30 às 12h30 - Legislação e Gestão do Campo dos Museus e do Patrimônio
Professor: Marcio Ferreira Rangel - Museólogo, doutor em História das Ciências pela COC/FIOCRUZ e diretor do MAST.
Ementa: Abordar os diferentes aspectos da legislação brasileira relacionada à proteção do patrimônio cultural. Identificar a relação existente entre a prática de preservação e as leis que regulamentam o campo. Analisar a formação e o papel das instituições federais responsáveis pela fiscalização do patrimônio nacional, com especial ênfase no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e no Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).

12h30 às 13h30 – Almoço

13h30 às 17h30 - Elaboração de Políticas de Segurança
Professora: Solange Rocha
Ementa: O que é memória e sua importância para a construção de uma sociedade. O que se preserva. Quem define o que preservar. Mecanismos de Preservação e Segurança de acervos culturais. O porquê de se elaborar uma política de segurança institucional. Como e quem elabora a política. Estruturação e aplicabilidade.

Dia 17 – quarta -feira
08h30 às 12h30 - Redução de Desastres em Acervos Culturais
Professora: Rosaria Ono - Arquiteta e Urbanista (FAUUSP), mestre pela Universidade de Nagoya (Japão) e doutora pela USP. Atuou como pesquisadora do Agrupamento de Instalações Prediais e Segurança ao Fogo do IPT por 12 anos e, desde 2003, professora do Departamento de Tecnologia da Arquitetura da FAUUSP.
Ementa: Definições básicas. Perigos naturais e antropogênicos que afetam acervos culturais (ênfase na realidade brasileira). Vulnerabilidade de acervos culturais. Fases do processo de gestão de desastres, principais objetivos, atividades, recursos necessários e atores em cada fase. Princípios norteadores da gestão de desastres. Plano de contingência. Reflexão crítica sobre a realidade atual da gestão de desastres no Brasil. Colaboração interinstitucional e intersetorial para a prevenção e resposta efetiva a desastres/emergências afetando acervos culturais.

12h30 às 13h30 – Almoço

13h30 às 17h30 - Preservação e Segurança de Acervos Digitais
Professores: Anmily Martins e Luis Rodrigo Gonçalves -
Anmily - Mestranda no Programa de Preservação de Acervos em Patrimônio de C&T do MAST, com experiência na área de Administração e em Gestão. É colaboradora das ativades realizadas pelo LNCC e MCTI na área de Divulgação e Popularização da Ciência.
Rodrigo - Mestre em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é Técnico - CSR - Serviço de Rede do Laboratório Nacional de Computação Científica e professor auxiliar da Universidade Católica de Petrópolis. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Sistemas de Computação.
Ementa: Abordar uma visão ampliada da segurança física das áreas de guarda de acervos e apresentar medidas preventivas e reativas de segurança. Demonstrar a importância da infraestrutura de guarda ser construída em camadas de acesso e apresentar elementos a serem incorporados à rotina de trabalho que colaboram na segurança preventiva. Abordar a utilização de equipamentos eletrônicos que auxiliam na segurança como câmeras e monitoramento eletrônico, sistema de alarme e detecção, elaboração e ciência de procedimentos operacionais de segurança.

Dia 19 - sexta-feira
8h30 às 12h30 - Noções de Prevenção ao Roubo e Tráfico de Bens Culturais
Professor: José Benito Yárritu Abellás - Mestre em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, e pós-graduado em propriedade intelectual pelo CEFET-RJ. Atua desde 2010 no Arquivo de História da Ciência do MAST e atualmente é cargo de coordenador substituto de Pesquisa e Arquivo do Museu.
Ementa: Apresentar em linhas gerais o arcabouço jurídico/administrativo que visa prevenir e combater o roubo de acervos culturais, bem como apresentar medidas básicas passíveis de serem implementadas para segurança dos acervos.

12h30 às 13h30 – Almoço

13h30 às 17h30 - Climatologia para Análise de Riscos Ambientais
Professor: Antonio Carlos dos Santos Oliveira - Mestre em Arquitetura, climatologista, museólogo e técnico em meteorologia; consultor em controle climático para museus e bibliotecas pelo Centro Nacional de Pesquisa em Informática (CNPI).
Ementa: O tempo e o clima no planeta. Apresentação dos modelos de circulação geral da atmosfera, recepção da radiação e trocas térmicas ao longo do ano. Parâmetros climáticos. Descrição dos parâmetros meteorológicos e sua importância para detecção de eventuais sinistros. Temperatura, umidade, precipitação, vento, radiação, nebulosidade, descargas elétricas. Instrumentos de medição: termômetros, anemômetros, higrômetros, pluviômetros, radiômetros. Sistemas de monitoramento do tempo e clima. Apresentar ferramentas de monitoramento baseado nos institutos de pesquisa INPE e Inmet. Informações meteorológicas.

Dia 22 - segunda-feira
08h30 às 12h30 - Segurança Física de Edifícios
Professora: Carla Maria Teixeira Coelho - Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense - UFF (PPGAU / UFF). Atualmente é assistente técnica da vice-diretoria de Patrimônio Cultural e Divulgação Científica da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz e coordenadora do grupo de trabalho de conservação preventiva e gestão de riscos.

12h30 às 13h30 – Almoço

13h30 às 17h30 - Proteção contra Incêndio
Professor: Eduardo Nocetti Holms - Coronel da Reserva do Corpo de Bombeiros
Ementa: Enfocar as brigadas de incêndio; Programa de Prevenção de Riscos e Acidentes (PPRA); Programas de fiscalização e avaliação; equipamentos e materiais básicos de emergência; Prevenção e gerência de riscos; incêndios: planos de emergência; técnicas de combate e análises de causas de incêndios.

Dia 24 - quarta-feira
08h30 às 12h30 - Organização de Acervos Arquivísticos e Bibliográficos como Prática de Segurança
Professores: Everaldo Pereira Frade e Lucia Alves da Silva Lino
Everaldo: Doutorando em História Política pelo PPGH-UERJ e servidor lotado no Arquivo de História da Ciência do MAST. Possui experiência na organização de arquivos pessoais de cientistas e de arquivos históricos de instituições de pesquisa.
Lucia: Bibliotecária aposentada pelo MAST. Participou da coordenação dos cursos de Segurança de Acervos Culturais, Curso de Preservação de Acervos Científicos e Culturais e do Curso de Formação e Gestão de Coleções Especiais promovidos pelo MAST. Possui experiência de 32 anos na área de organização e gerenciamento de acervos bibliográficos.
Ementa: Entre os vários perigos que ameaçam documentos e livros, podemos assinalar que o roubo e o vandalismo estão entre os mais temíveis para os profissionais que cuidam da organização e acesso aos acervos. Os ataques podem causar perdas, às vezes irreparáveis, além de acarretar suspeições sobre pessoas e sistemas de segurança. Uma ferramenta que nos auxilia a prevenir esse tipo de ataque é o conhecimento sobre o acervo e sobre quem o acessa. Nesse sentido, o objetivo da disciplina é discutir questões que envolvem a descrição, o processamento técnico, a elaboração de instrumentos de buscas e o controle do acesso de acervos arquivísticos e bibliográficos, sob o ponto de vista da segurança de acervos.

12h30 às 13h30 – Almoço

13h30 às 17h30 - Biossegurança em Bibliotecas, Arquivos e Museus
Professora: Francelina Helena A. Lima e Silva - Bióloga, mestre em Ciência da Informação (IBICT/UFRJ-ECO) e doutora em Doenças Infecciosas e Biossegurança do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas – INI/FIOCRUZ.
Ementa: Abordar conceitos e informações básicas em biossegurança e biosseguridade, facilitando o despertar da percepção do profissional que atua em bibliotecas, arquivos e museus em relação aos diversos riscos inerentes ao trabalho, saúde e ambiente.

Fonte: MAST

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31