SÃO PAULO, São Paulo - O Sesc Ipiranga ganhou uma releitura da obra “Independência ou Morte” (1888), de Pedro Américo.

Realizado ao longo de mais de dois meses pelo artista e pesquisador Bruno Moreschi e um núcleo de pintores da Praça da República e Parque Trianon, o trabalho chega ao fim na próxima terça-feira, 15 de novembro, feriado da Proclamação da República do Brasil, às 16h, com um bate-papo aberto ao público com Moreschi, o coletivo de pintores e também integrantes de O grupo inteiro – idealizador da mostra “Campos de Preposições”, em cartaz na unidade até 04 de dezembro.

O trabalho teve início em 07 de setembro, data da Independência do Brasil, com uma visita do grupo de pintores – formado por A. Castro, Carlos Silverio, Marco Andrade Jr., Mouser, Silvio Jr. e Vanderlei Marinho – ao Museu Paulista (do Ipiranga), que segue fechado para reforma, com previsão de reabertura somente em 2022. Lá, com Moreschi e os integrantes de O grupo inteiro, eles puderam estudar a tela original, instalada em uma parede do Salão Nobre do edifício, e pensar nas possibilidades de reproduzi-la no muro do deck do Sesc Ipiranga.

Desde a inauguração de “Campos de Preposições”, em 15 de setembro, eles se reúnem na unidade duas vezes por semana, nas tardes de terça e quinta-feira, para pintarem sua versão da obra, intitulada “Independência ou Morte – O Povo”. No painel de 3m x 24m, eles evidenciam detalhes e figuras populares que podem passar despercebidas no quadro de Pedro Américo. Nesta releitura, a tropa oficial não tem papel central e D. Pedro I sequer aparece, é o povo que ganha destaque.

Campos de Preposições
Formado por Carol Tonetti, Claudio Bueno, Ligia Nobre e Vitor Cesar, O grupo inteiro se encontrou há dois anos, compartilhando um espaço de trabalho na Galeria Metrópole, no centro de São Paulo. A fim de propor uma reflexão sobre os modos de convivência a partir das relações entre as pessoas, os objetos e a esfera pública, o coletivo multidisciplinar apresenta no Sesc Ipiranga o projeto “Campos de Preposições”.

Ocupando áreas de convivência da unidade e do bairro do Ipiranga com instalações, performances e oficinas realizadas em parceria com artistas convidados, como Elizabeth Wright e Anthony Davies, professores da Central Saint Martins – University of the Arts London, a mostra tem entre os destaques a obra Aparelhagem. Inspirada no plenário do Congresso Nacional, a grande instalação convida o público a tomar o espaço e pensar em suas diferentes possibilidades de uso.

INDEPENDÊNCIA OU MORTE – O POVO
Bate-papo com Bruno Moreschi, pintores da Praça da República e Parque Trianon e O grupo inteiro
Dia 15 de novembro, terça-feira (feriado da Proclamação da República do Brasil), às 16h, no deck do Sesc Ipiranga

CAMPOS DE PREPOSIÇÕES NO SESC IPIRANGA
Endereço: R. Bom Pastor, 822, Ipiranga, São Paulo – Telefone: (11) 3340-2000
Visitação: de 16/09 a 4/12, de terça a sexta, das 7h30 às 21h30, sábados das 10h às 21h30 e domingos e feriados, das 10h às 18h.
Entrada gratuita

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31