SÃO PAULO, São Paulo - No próximo domingo, dia 18 de dezembro, a ESPM, representada pelo grupo de pesquisa Interculturalidade, Cidadania, Comunicação e Consumo, do Programa de Pós Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo (PPGCOM) e o Museu da Imigração do Estado de São Paulo lançam a primeira plataforma digital que disponibiliza um acervo abrangente sobre diversas mídias produzidas por coletivos de imigrantes.

O dia 18 foi escolhido para o lançamento por ser o Dia Internacional do Migrante.

A plataforma batizada como Mídias de Imigrantes de São Paulo agrega diversos casos com conteúdos, ações, movimentos e demais manifestações coletivas de grupos éticos diferentes presentes no Estado de São Paulo. São mídias produzidas por grupos de angolanos, bolivianos, chineses, coreanos, espanhóis, haitianos, italianos, japoneses, moçambicanos, paraguaios, peruanos, portugueses, senegaleses e sírios. Além das mídias produzidas pelos próprios grupos de imigrantes, também estão presentes mais uma diversidade de ONGs e organizações de apoio às imigrações em São Paulo.    

O material disponível na plataforma http://midiasdemigrantesdesp.com.br/home reúne um acervo produzido desde os anos de 1990 e, o Museu da Imigração possui ainda material que inclui também a década de 1980.

A criação da plataforma é resultado das reflexões realizadas no grupo de pesquisas do PPGCOM-ESPM em torno das investigações de sete pesquisadores, coordenadores pela professora Denise Cogo. “Nosso objetivo com a criação desta plataforma, em parceria com o Museu dos Imigrantes, foi o de disponibilizar à sociedade esta seleção e pesquisa feita pelo grupo e tornar acessível a todos os interessados em conhecer um pouco do universo da imigração deste grupos”, ressalta a professora do PPGCOM-ESPM.

Na plataforma é possível visualizar exemplos como a Acuarela Paraguaya ou a Bolívia Cultural, além de muitos outros. Esta é uma fonte rica em material de consulta e pesquisa.       

Sobre a ESPM
Fundada em 1951 com o nome Escola de Propaganda do MASP e sob o slogan ‘Ensina quem faz’, a ESPM tinha como filosofia, mantida até hoje, reunir profissionais do mercado para ministrar seu curso, associando a prática com a teoria. Em pouco tempo já era reconhecida como uma das principais instituições de ensino do País.

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31