RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O mundo virtual, uma realidade até pouco tempo de restrita acessibilidade democrática à sociedade contemporânea, acaba por se apresentar como uma verdadeira revolução no cotidiano da população mundial.

Negócios são fechados diariamente, notícias são acessadas em tempo real, documentos e arquivos chegam em tempo recorde às telas dos profissionais das mais distintas áreas, bate-papos se estabelecem entre comunidades, redes sociais se manifestam como veículos comunicacionais inigualáveis, buscas são feitas em segundos para atender a todo tipo de buscas, entre tantas outras funcionalidades que a internet proporciona aos usuários, tornando-se imprescindível no dia-a-dia da sociedade.

O cenário demonstra um ambiente de caráter irreversível para a humanidade, com dados que se propagam excepcionalmente, revelando um mundo composto de muitos teras para abarcar o espaço de memória necessário no intuito de atender a novas formas de armazenamento e à pulsante circulação das informações geradas na web. Assim, questões em constante processo de aprimoramento vem à tona, como é o caso da: arquitetura da informação, usabilidade dos sistemas e a implantação de novas ferramentas tecnológicas, gerando um novo ambiente de processamento.

E é justo neste complexo contexto informacional e tecnológico, aliado ao período das comemorações do Dia Internacional de Museus de 2017, que acontece o lançamento do Tesauro de Objetos do Patrimônio Cultural nos Museus Brasileiros, ferramenta primordial no controle da terminologia quanto à recuperação das informações das coleções em instituições museais.

A nova publicação, disponibilizada on line, de autoria da documentalista Helena Dodd Ferrez, através de projeto da empresa FazerArte, vem atender à expectativa dos profissionais responsáveis pela catalogação de acervos em museus e instituições afins no sentido de permitir uma reflexão cada vez mais abrangente sobre o patrimônio cultural brasileiro e suas formas de registro. A bibliografia específica da área amplia o diálogo entre os profissionais no conhecimento e adoção de novas terminologias quando o assunto em pauta é Documentação em Museus.

O lançamento do novo Tesauro acontece nesta terça-feira (16), às 15h, no auditório da Escola do Olhar, no Museu de Arte do Rio, na Praça Mauá, 5, com a apresentação oficial do projeto pela autora.

Dados sobre a autora

Helena Dodd Ferrez tem Mestrado em Ciência da Informação pela UFRJ e Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT (1981), especialização em Documentação Científica pelo IBICT (1979) e graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1970). Larga experiência em planejamento, coordenação, implantação e implementação de sistemas de informação em Arquivos, Museus e Centros de Documentação e Informação, com ênfase em sistemas de recuperação de informação, documentação museológica e thesaurus. Os projetos coordenados incluem a criação de bases de dados, digitalização de acervos e catalogação, classificação e indexação de obras de arte, fotografias e documentos de arquivos privados. Nos últimos anos, essas atividades abrangem a disponibilização desses acervos na internet para universalização de acesso.

Fonte: Editoria RM - Janine Ojeda

 

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31