MINAS GERAIS, Belo Horizonte - O Governo de Minas Gerais, por meio do Instituto Estadual do Patrimônio e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG), apresentou, nesta sexta-feira (18/8), no BDMG Cultural, em Belo Horizonte, uma nova publicação: a Óculo - Revista do patrimônio cultural de Minas Gerais: Circuitos de Cultura.

Produzida via Iepha-MG, a publicação terá periodicidade anual e será elaborada com base nos encontros que abordam o patrimônio. A revista é, inclusive, um dos destaques da programação do instituto, promovida em sintonia com o Dia do Patrimônio, celebrado oficialmente em 17 de agosto.

"O Iepha-MG comemora seus 45 anos de fundação numa perspectiva de afirmação de seu papel de fomentar a interlocução entre patrimônio cultural e experiências de conhecimento, comunicação e apropriação de espaços de memória e identidade", afirma a presidente do instituto, Michele Arroyo. "Dentre outros projetos, assumir a gestão do Circuito Liberdade tem sido para o Iepha-MG um desafio permanente de reflexão e prática sobre o patrimônio cultural", considera.

Primeira edição
A edição de estreia, que foi apresentada ao público na sexta-feira (18/8), foi elaborada a partir das discussões do Seminário Estadual do Patrimônio Cultural: Circuitos Culturais e as Cidades, realizado na Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, em agosto de 2015, no primeiro ano do Governo Fernando Pimentel e sob a gestão do Circuito Liberdade. Na ocasião, durante dois dias, representantes do poder público e da sociedade civil apresentaram ideias para aprimoramento das formas de apropriação dos espaços públicos pela participação social, o "Circuito que queremos".

A publicação destas experiências e reflexões é, segundo a gestão do Iepha-MG, uma iniciativa para dividir com o leitor esses conteúdos e, assim, construir uma gestão compartilhada das políticas públicas de cultura e patrimônio cultural.

O primeiro número da revista Óculo é assinado pelo jornalista João Paulo Cunha, com os textos divididos em quatro grandes temas: Urbanismo e significação do Patrimônio Cultural, Redes e Circuitos, Mídias alternativas e Circuitos de Cultura e Diversidade e Movimentos na Cidade.

Estes conteúdos foram produzidos por nomes destaque da cultura e do patrimônio, que participaram do seminário, baseados nas palestras e debates sobre a relação entre cidade, cultura, identidade e patrimônio cultural.

Além de Michele Arroyo, a revista Óculo traz artigos dos secretários de Estado, Angelo Oswaldo (Cultura) e Macaé Evaristo (Educação), além de  Flávio Carsalade, Juarez Dayrell, Cêça Guimaraens, Diomira Faria, Bernardo Matta Machado, Vinícius Romanini, Lucas Bambozzi, dentre outros nomes.

Em breve, a publicação também será disponibilizada para download no site www.iepha.mg.gov.br.

Fonte: SEC MG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31