BAHIA, Salvador - A comunidade baiana está convidada a prestar uma homenagem ao historiador Cid Teixeira na próxima terça-feira (24), às 16h.

No encontro, que será realizado no auditório do IGHB, haverá a exibição do Documentário 'Cid Teixeira - Enciclopédia da Bahia' (com direção de Roberto Gaguinho), além de depoimentos de ex-alunos e colegas.

Cid José Teixeira Cavalcante nasceu em Salvador, no dia 11 de novembro de 1924, em 1936, ingressou no Ginásio da Bahia, onde cursou o ginásio e o complementar. Em 1944, ingressou na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, pela qual foi diplomado em 1948. Funcionário do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia desde estudante dedicou-se ao estudo da História.

Copiando documentos,tomou gosto pela pesquisa e se especializou na história da Bahia e do seu povo. Diplomado, não seguiu a profissão. Fez concurso para a rede estadual de ensino secundário e ingressou no magistério. Depois, fez livre docência para a cadeira de História, na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. Aprovado, passou a lecionar na UFBa e na Universidade Católica do Salvador. Colaborou em diversos jornais da capital baiana e foi editor-chefe de um deles, a “Tribuna da Bahia”. Publicou: “A Bahia em Tempo de Província”; “Nordeste Histórico e Monumental”, “História do Petróleo na Bahia”, “História da Energia Elétrica na Bahia”, “História da Mineração na Bahia”, “Caminhos, Estradas e Rodovias”, “Historias, Minhas e Alheias”, “Salvador: História Visual”. Em 1993, Cid Teixeira entrou na Academia de Letras da Bahia, onde ocupa a Cadeira 19. Em 2013, aos 88 anos, recebeu a Comenda 2 de Julho, concedida pela Assembléia Legislativa da Bahia.

O Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) é uma das 13 instituições beneficiadas pelo Edital de Apoio a Ações Continuadas de Instituições Culturais, do Fundo de Cultura da Bahia.



Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA)
Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

Serviço
Homenagem ao historiador Cid Teixeira
Local: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia
Data: 24 de outubro de 2017
Horário: 16 horas
Gratuito

Fonte: Secult BA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31