SÃO PAULO, São Paulo - Realizada pela primeira vez de 8 a 12 de dezembro de 2015, a campanha 'Sonhar o Mundo' busca articular os museus da Secretaria da Cultura em torno de ações ligadas aos Direitos Humanos, dando visibilidade ao tema a partir de programação cultural, educativa e de comunicação nas mídias sociais.

Exposições, debates, visitas educativas e oficinas, entre outras atividades foram realizadas com o objetivo provocar a reflexão e novos olhares sobre a diversidade cultural.

Os museus da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo realizam, de 4 a 10 de dezembro, a terceira edição da ação 'Sonhar o Mundo'. Com o tema Solidariedade derrubando muros, a iniciativa tem programação que une diversos museus em torno de assuntos relacionados aos direitos humanos e incentiva o combate ao preconceito e à discriminação.


O tema deste ano foi escolhido para fortalecer o conceito de um mundo onde diversos territórios possam se unir para criar relações de empatia e solidariedade. A ideia é que esses laços entre museus e entre o público eliminem barreiras e incentivem o combate a desigualdades e preconceitos. “A solidariedade tem papel fundamental para criar um senso de coletividade e acolher a diversidade entre os seres humanos como algo a ser celebrado. Não poderia haver tema mais oportuno em uma ação que celebra os direitos humanos”, afirma José Luiz Penna, secretário da Cultura do Estado.

'Sonhar o Mundo' envolve diretamente cinco museus da Secretaria: Memorial da Resistência, Museu Afro Brasil, Museu da Diversidade Sexual, Museu da Imigração e Museu Índia Vanuíre (em Tupã, interior do estado) e o Memorial da Inclusão, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Também serão realizadas atividades nos demais museus da Secretaria da Cultura. A programação inclui exposições, visitas mediadas, oficinas, apresentações artísticas, rodas de conversa, sessões de cinema, jogos e saraus.

Museus do SISEM-SP entram na programação
A novidade deste ano é a participação de museus do interior e litoral, integrantes do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP). As instituições foram orientadas por meio de um curso oferecido pelo SISEM-SP, em parceria com o Memorial da Resistência, sobre como inserir a questão dos Direitos Humanos no cotidiano dos museus, de modo a expandir o conceito do “Sonhar o Mundo” para vários municípios do estado. Informações sobre inscrições para participação na ação serão disponibilizadas no site do SISEM-SP (www.sisemsp.org.br).

Toda a programação do 'Sonhar o Mundo 2017' será publicada em hotsite criado especialmente para a campanha. O endereço será divulgado em breve. Acompanhe o site da Secretaria da Cultura – www.cultura.sp.gov.br – e as postagens nas redes sociais pela hashtag #MundoSolidario para conferir mais detalhes da ação

Museus participantes
Memorial da Resistência
Museu Afro Brasil
Museu da Diversidade Sexual
Museu da Imigração
Museu Índia Vanuíre (Tupã)
Memorial da Inclusão
Casa das Rosas
Casa Guilherme de Almeida
Catavento
Museu da Casa Brasileira
MIS
Museu da Língua Portuguesa
Museu de Arte Sacra
Museu do Futebol
Pinacoteca
Paço das Artes
Museu Casa de Portinari (Brodowski)
Museu do Café (Santos)
Museu Felícia Leirner (Campos do Jordão)

Fonte: SEC SP

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31