MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Verão Arte Contemporânea traz 41 atrações para a capital mineira entre os dias 8 de janeiro e 5 de fevereiro

O Verão Arte Contemporânea VAC 2016 chega à 10ª edição comemorando a continuidade de uma proposta de contemporaneidade voltada para o incentivo à criação artística, à pesquisa e à experimentação através da dança, teatro, música, artes visuais, cinema, literatura, arquitetura, moda e gastronomia. O VAC ocupa a capital mineira do dia 08 de janeiro ao dia 05 de fevereiro de 2016 com 41 atrações em 21 espaços artísticos de Belo Horizonte. O VAC 2016 é idealizado e produzido pelo Grupo Oficcina Multimédia (GOM). 

“Nestes 10 anos a proposta se ampliou, novas áreas foram incluídas na programação que vem mantendo o caráter de diversificação da manifestação artística, expressando a pluralidade de informações culturais própria da contemporaneidade. Com este objetivo, mais uma vez o VAC irá reunir nove áreas, mostrando suas obras e projetos mais recentes, em conexão com sua essência”, reforça Ione de Medeiros, idealizadora e curadora do evento. Para ela, o evento ao longo de uma década vêm mantendo seu foco sobre a arte contemporânea, priorizando artistas e grupos de Minas Gerais, voltados para a pesquisa e experimentação nas artes, sem deixar de abrir espaço para artistas de outros estados e países, afinados com a proposta do VAC, com o intuito de expandir o intercâmbio entre os criadores.

A 10ª edição do VAC insere novidades na programação, que poderão ser observadas já na abertura. Denominado Ora (direis) ouvir estrelas, o evento presta homenagem ao poeta Olavo Bilac e será realizado em dois espaços públicos: o lago do Parque Municipal de Belo Horizonte e o teatro Francisco Nunes. Serão duas sessões: uma no dia 08 de janeiro para convidados, as 20h30, e outra no dia 09 de janeiro, as 18h, aberta ao púbico. É necessário retirar senhas de acesso duas horas antes do início da performance. O evento homenageia ainda OLago dos Cisnes, de Tchaikovsky através de um percurso de 15 barcos alegóricos que desfilarão no lago do Parque Municipal. 

Para realizar as alegorias foram convidados artistas e alunos da Escola Livre de Artes da Prefeitura de Belo Horizonte - Arena da FMC. No palco do teatro Francisco Nunes, o quarteto de cordas Ricercar irá executar dois Contrapontos da Arte da Fuga de Bach junto com imagens em vídeo de obras do arquiteto Frank Gehry e do pintor Mark Rothko. e a Cia. Sesc de Dança também irá apresentar coreografias revestidas de roupagens neo-clássicas com músicas de Bach e Prokofiev.

“O objetivo é promover apropriações de obras artísticas clássicas através de interferências cênicas e plástico-sonoras diversificadas”, explica Ione de Medeiros. “Como parte das celebrações dos nossos 10 anos ampliamos o evento de abertura do VAC também para o público”. Uma curiosidade é que a abertura do VAC 2016 acontece no teatro Francisco Nunes, espaço onde foi realizada a abertura da primeira edição, em 2007.

O Verão Arte Contemporânea (VAC) é idealizado e realizado pelo Grupo Oficcina Multimédia (GOM). Esta edição é apresentada pela Fundação Municipal de Cultura e patrocinada pela Oi, BDMG Cultural e Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, tem a parceria do Sesc e divulgação da TV Globo Minas. O VAC 2016 tem os seguintes apoios culturais: Oi Futuro, Galpão Cine Horto, Teatro Bradesco, Casa UNA, Restaurante João Rosa, Halt Gráfica, Restaurante Cantina do Lucas, Krug Bier, Alcici Comida Árabe, Cinema Belas Artes, Hotel Metrópole, Restaurante Bem Natural, Fundação de Educação Artística, Funarte MG, Ministério da Cultura, Governo Federal, Belotur, BHTrans, Fundação de Parques, Prefeitura de Belo Horizonte, Fundação Municipal de Cultura, Fundação Clóvis Salgado, Rádio Inconfidência, Rede Minas de Televisão, Memorial Minas Gerais Vale, Centro Cultural Banco do Brasil, Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, Circuito Cultural Praça da Liberdade, Iepha, Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais e Governo de Minas. Este evento é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Belo Horizonte e Fundação Municipal de Cultura.

 

Serviço:

Verão Arte Contemporânea 2016

Período: De 08 de janeiro de 2016 até o dia 05 de fevereiro de 2016.

Locais: Anexo da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa; Ateliê - Ines Antonini; Ateliê Liliane Dardot; Casa UNA; Cine Humberto Mauro - Palácio das Artes; Cine Belas Artes; Cinema Professor José Tavares de Barros – Sesc Palladium; Funarte MG; Galpão Cine Horto; Grande Teatro - Sesc Palladium; Memorial Minas Gerais Vale; Projeto Parede – Sesc Palladium; Parque Municipal Américo René Giannetti; Restaurante Popular Unidade IV Dom Mauro Bastos (Barreiro); Sala Multiuso do Centro Cultural Banco do Brasil; Teatro Bradesco; Teatro de Bolso Sesc Palladium; Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil; Teatro Francisco Nunes; Teatro João Ceschiatti - Palácio das Artes; Teatro Marília; Viaduto Santa Tereza

Apresentação: Fundação Municipal de Cultura

Patrocínio: Oi, BDMG Cultural e Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais

Parceria: Sesc 

Assessoria de Imprensa: Pessoa. Relacionamento com Conteúdo.

Site Oficial: www.veraoarte.com.br 

 

Fonte: divulgação por e-mail

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 09/01/2016 - 39 visitas até 19:55h)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31