SANTA CATARINA, Florianópolis - Na quarta, 28 de fevereiro, o CurtaDoc lança em Florianópolis a sua primeira coleção em DVDs com 20 curtas-metragens brasileiros voltados à Educação.

Todos os filmes têm a opção de Legendas para Surdos e Ensurdecidos (LSE). A seleção de documentários está organizada em quatro eixos temáticos: Direitos Humanos, Arte e Literatura, Política e Memória, Diversidade Brasileira. Com uma tiragem inicial de mil cópias do box, contendo dois DVDs e o Caderno Pedagógico, a Coleção EducaDoc será distribuída gratuitamente para professores, escolas e bibliotecas do país.

Os filmes foram escolhidos com base no acervo online do CurtaDoc, projeto transmídia da produtora Contraponto dedicado ao documentário latino-americano, em parceria com o Núcleo de Estudos da Infância, Comunicação, Cultura e Arte (NICA) da Universidade Federal de Santa Catarina. "O nosso objetivo é estimular o CurtaDoc como um meio de difusão, distribuição e estímulo do documentário como uma ferramenta pedagógica", explica Kátia Klock, diretora do projeto. Ela cita alguns filmes importantes da produção documental recente no país e que estão na Coleção, como Eh Pagu, eh (Ivo Branco, 15min, SP, 1982), O Rito de Ismael Ivo (Ari Candido, 11min, SP, 2003), Pixinguinha e a Velha Guarda do Samba (Ricardo Dias e Thomaz Farias, 10min, RJ, 2007), Amapô (Kiko Goifman, 11min, SP, 2008), Fruto da Terra (Tetê Moraes, 15min, RJ, 2008), Várias Vidas de Joana (Cava Borges e Abelardo de Carvalho, 9min, RJ, 2009), Ave Maria ou Mãe dos Sertanejos (Camilo Cavalcanti, 12min, PE, 2009), O Mago dos Viadutos (Eliane Café, 7min, SP. 2008), Chacal Palavra Filme (Piu Gomes, 19min, SP, 2016), entre outros.

'Chacal Palavra Filme', direção Piu Gomes (19min, SP, 2016)

A coleção conta com dois DVDs e um caderno produzido pelo NICA com possíveis mediações pedagógicas para cada um dos documentários, pensados principalmente para o Fundamental II e o Ensino Médio. "O principal mérito do EducaDoc é colocar na mão do educador uma produção audiovisual brasileira diversa e de qualidade, que permite uma liberdade de escolha para os professores, levando em consideração aspectos pedagógicos, sociais, culturais e estéticos", defende Gilka Girardello.

De acordo com a coordenadora da curadoria, Lícia Brancher, a coleção começou a ser pensada a partir da necessidade dos educadores em terem acesso à produção audiovisual brasileira, impulsionada com a Lei Nº 13.006, que exige a exibição de filmes nacionais nas salas de aula. "A partir de 2014, começamos a realizar oficinas nas escolas de Florianópolis com o apoio do NICA, o que fortaleceu a nossa parceria e ajudou a construir essa ponte com os professores."

Márcia Paraíso, diretora de dois curtas-metragens da coleção, Saber, Viver, Lutar (2008) e Mulheres da Terra (2010), acredita que o suporte escolhido para a coleção não poderia ser melhor. "A distribuição em DVD é essencial para o sucesso do projeto. É algo que percebi conhecendo escolas pelo Brasil: ter uma cópia ali na estante, essa materialidade da imagem, facilita a visualização dos documentários sem a necessidade de internet ou o uso de programas complexos", afirma a cineasta. Já o diretor do documentário Orquestra do Som Cego (2010), Lucas Gervilla, ressalta a importância do cinema e das artes nas escolas. "Ele pode gerar reflexões que nem sempre são possíveis através dos métodos tradicionais de ensino, além de ampliar os olhares sobre diferentes culturas", aponta.

Os educadores interessados em receber um exemplar da coleção devem enviar um e-mail com endereço completo e nome da instituição que representam (se houver) para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Os exemplares começam a ser enviados a partir do lançamento. O EducaDoc é uma realização da Contraponto, produtora sediada em Florianópolis e tem como patrocinadores as empresas Parati, Oxford, Tigre e Instituto Carlos Roberto Hansen. Todos acreditam que esta seja uma possibilidade de reforçar a relação entre o cinema, a educação e a nossa sociedade. Este projeto é realizado com os recursos da Lei Rouanet do Ministério da Cultura.

'O Rito de Ismael Ivo', direção Ari Candido (11min, SP, 2003)

Sobre o CurtaDoc
O CurtaDoc nasceu em 2009 como um programa para o SescTV no Brasil e, desde 2011, também é um acervo de documentários online e gratuito com mais de 1350 filmes. Os principais objetivos são mapear a produção de filmes de não-ficção, fortalecer a rede de realizadores latino-americanos, contribuir para a democratização do acesso ao audiovisual, servir como fonte de pesquisa e difundir o cinema como patrimônio imaterial. Na televisão brasileira, o programa representa um lugar diferenciado para fomentar a cultura deste gênero com exibição e discussão dos filmes. Em oito anos, foram três temporadas com 141 episódios, mais de 500 pessoas entrevistadas e 450 documentários brasileiros e latino-americanos licenciados e exibidos.

o quê . Lançamento da Coleção EducaDoc
quando . 28 de fevereiro, às 15 horas
onde . Cinema do CIC, Agronômica, Florianópolis
quanto . Gratuito

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31