RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Até o domingo (20), o Museu Histórico Nacional/Ibram, no Rio de Janeiro (RJ), oferece entrada gratuita para o público de todas as idades – celebrando a 16ª edição da Semana de Museus, que acontece nesta semana em todo o país.

Obra que integra mostra no MHN. 'Canoas em Vigília no Chaco', de Edoardo de Martino - 1868 (Acervo MHN/Ibram/MinC)

Além de conhecer a exposição permanente do museu, que aborda a história do Brasil em suas diversas fases, o visitante pode ainda visitar a exposição temporária “Paisagens da guerra”, do pintor italiano Edoardo de Martino. Saiba mais em http://mhn.museus.gov.br/index.php/museu-historico-nacional-apresenta-batalhas-historicas-na-pintura-de-edoardo-de-martino/

Uma programação especial também foi pensada para a Semana de Museus 2018: o projeto Bonde da História realiza sete visitas mediadas entre os dias 15 (terça) e 20 (domingo), abordando temas diversos relacionados ao acervo em exposição do museu – todas com entrada gratuita.

Diversidade de recortes
Na terça (15), às 15h, o tema será “Umbanda e história do Brasil”. A ideia é abordar o papel e a atualidade de uma manifestação religiosa e cultural importante para a nossa formação. Haverá intérprete de Libras nesta sessão.

Na quarta (16), às 11h, o Bonde da História traz o tema “Museus, memória e mulheres”. Como a representação e representatividade femininas estão presentes na memória do país? Essa é uma pergunta que guia a visita mediada – que também conta com intérprete de Libras.
Às 15h acontece uma visita especial: “Museu para museólogos, voltada especialmente para os profissionais da área de museus.

Na quinta (17), “A presença negra no MHN” será o tema da visita mediada, às 11h, destacando a produção artística e histórica de matrizes africanas no Brasil.
Já às 15h, o tema tem inspiração em um rap nacional e no tradicional 1º de abril para contar “As maiores mentiras do Brasil”. Quais as mentiras, mitos e construções históricas duvidosas acerca da nossa história? Haverá intérprete de Libras nesta sessão.

No sábado (19), às 14h, o Bonde da História aborda o tema “A violência em objetos de nossa história” – um debate, a partir de objetos do circuito expositivo, sobre diferentes tipos de violência. A atividade é acessível para pessoas com deficiência visual e auditiva.

Encerrando a ampla programação, “Descobrindo o mundo no MHN” traz no domingo 20, às 14h, atividades multissensoriais para famílias com bebês e crianças na primeira infância.

O projeto, realizado em parceria com a educadora Suely Mendonça, propõe maior interação entre o público e o espaço do museu, para além do uso de brinquedos pedagógicos e educativos.

Vale lembrar que além da extensa programação, o MHN lançou dois desafios durante a Semana de Museus que darão prêmios exclusivos para os vencedores. Saiba mais: http://mhn.museus.gov.br/index.php/participe-dos-concursos-que-darao-premios-exclusivos-do-mhn/

O Museu Histórico Nacional está localizado na Praça Marechal Âncora, S/N – Centro – Rio. Outras informações sobre o projeto Bonde da História: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Serviço
16ª Semana de Museus no MHN
Endereço: Museu Histórico Nacional - Praça Marechal Âncora, S/N
20021-200 - Rio de Janeiro, RJ
Telefone: (21) 3299-0324
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Horários: De terça a sexta-feira, das 10h às 17h30, e sábados, domingos e feriados, das 13h às 17h.
Entrada gratuita do dia 12 ao dia 20 de maio
Site: mhn.museus.gov.br

Fonte: Ascom MHN

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31