MINAS GERAIS, Belo Horizonte - O Cine Humberto Mauro, que fica no Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro) realiza nesta sexta-feira, dia 8, às 19h, uma sessão comentada de “Adeus à Linguagem”, último trabalho de Jean Luc Godard. A sessão especial terá a participação de Maurício Salles Vasconcelos, professor da Universidade de São Paulo e grande estudioso da obra do cineasta franco-suíço. Na sequência, às 20h30, Maurício lança o livro “Jean-Luc Godard - História(s) da literatura”, um ensaio que busca analisar a relação dos filmes de Godard com os aspectos de obras literárias, mesmo que as referências não sejam explícitas nos filmes do diretor. O evento é uma oportunidade para o público se aprofundar no universo do cineasta, a partir do olhar do escritor e estudioso da obra de Godard. A entrada é gratuita, com retirada do ingresso 30 minutos antes da sessão.

As atividades integram a programação da retrospectiva Jean-Luc Cinéma Godard, em cartaz no Cine Humberto Mauro até terça, dia 12. Foram selecionadas 43 obras para compor a mostra, que perpassa os 60 anos de carreira do diretor conhecido por tratar de questões existenciais e das relações humanas em suas obras. Antes de chegar a Belo Horizonte, a retrospectiva foi realizada no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Godard é reconhecido por abordar em seus filmes temas políticos e sociais delicados que, ao mesmo tempo, extrapolam os paradigmas de estéticas e estilos. Importante representante do movimento Nouvelle Vague, se destaca por não prezar por uma narrativa tradicional, mas sempre possibilitando um cinema imageticamente potente.

Maurício Vasconcelos é professor livre-docente da Universidade de São Paulo (USP) e atua na área de Literatura Comparada. Romancista e autor de narrativas, publicou “Telenovela” (2014), “Moça em blazer xadrez” (2013), “Ela não fuma mais maconha” (2011) e “Stereo” (2002). Escreveu os ensaios “Exterior. Noite – Filosofia/Literatura” (2015), “Espiral Terra – Poéticas contemporâneas de língua portuguesa” (2013) e “Rimbaud da América e outras iluminações” (2000). É autor dos livros de poesias “Sonos curtos” (1992), “Tesouro transparente” (1985) e “Lembrança arranhada” (1980).

 

Fonte: PBH

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 07/01/2016 - 24 visitas até 16:04h)

 

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31