RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O Museu de Arte do Rio – MAR, sob gestão do Instituto Odeon, convoca movimentos sociais, coletivos e iniciativas de outros formatos para o Fórum #MARaberto.

Parte da programação paralela à exposição “ARTE DEMOCRACIA UTOPIA – Quem não luta tá morto”, o projeto posiciona o museu como lugar de encontro, discussão e ocupação, para acionar vínculos entre arte, cultura e sociedade política, gerando as mais diversas atividades como ensaios, saraus, performances e oficinas, entre outros. Além dos encontros promovidos a partir da convocatória, o MAR terá uma programação própria com debates entre acadêmicos, artistas, lideranças e colaboradores.

As atividades do #MARaberto acontecerão nos pilotis do museu, dentro da instalação TransBorda. Criada por arquitetos do Estúdio Chão, a estrutura de ferro é composta por módulos que podem ser dispostos de acordo com as necessidades de cada projeto, formando arenas ou arquibancadas. A seleção acontecerá de acordo com a pertinência logística e conceitual do projeto e as inscrições acontecem por meio do site www.museudeartedorio.org.br.

ARTE DEMOCRACIA UTOPIA – Quem não luta tá morto
Assinada por Moacir dos Anjos – um dos mais importantes curadores do país, com passagens pelas Bienais de São Paulo e Veneza – a exposição faz parte do programa curatorial para os cinco anos da instituição e reúne mais de 60 obras de diversos suportes. São artistas históricos e contemporâneos, que buscam construir um Brasil mais partidário e justo, abordando em seus trabalhos temas importantes para a sociedade como direito à habitação, violência urbana e contra a mulher, racismo e questões de gênero, entre outros.

Sem ter pretensão de apresentar um panorama conclusivo, a mostra traz exemplos do pensamento utópico que marca a arte brasileira, junto a propostas e ações realizadas por grupos comunitários, associações e outras articulações da sociedade civil que visam a construção de estruturas de atuação política e social. “ARTE DEMOCRACIA UTOPIA – Quem não luta tá morto” fica em cartaz até maio de 2019.

Artistas participantes da exposição: #coleraalegria, Ailton Krenak, Aline Albuquerque, Amò (uma articulação coletiva integrada por Ana Lira, Marina Alves, Marta Supernova, Thais Rocha e Thais Rosa), Anna Maria Maiolino, Antonio Dias, Antonio Obá, Ayrson Heráclito, Bárbara Wagner e Benjamin de Burca, Cao Guimarães, Carlos Zílio, Cildo Meireles, Clara Ianni e Débora Maria da Silva, Claudia Andujar, ColetivA Ocupação, Dalton Paula, Dora Longo Bahia, Eduardo Coutinho, Emmanuel Nassar, Fábio Tremonte, Frente 3 de Fevereiro, Graziela Kunsch e Daniel Guimarães, Gustavo Speridião, Hélio Oiticica, Ivan Grilo, Jaime Lauriano, João Castilho, Jonathas de Andrade, José Rufino, Jota Mombaça, Laerte, Lourival Cuquinha, Maria Thereza Alves, Matheus Rocha Pitta, Mulheres no Audiovisual Pernambuco, Museu das Remoções, Paul Setúbal, Paulo Bruscky, Paulo Nazareth, Pedro David, Randolpho Lamonier, Raphael Escobar, Renata Carvalho, Rio de Encontros, Rivane Neuenschwander, Rosana Palazyan, Rosana Paulino, Rosangela Rennó, Slam das Minas, Thiago Martins de Melo, Traplev, Vincent Carelli, Virginia de Medeiros.

O Museu de Arte do Rio – MAR
Uma iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o MAR tem atividades que envolvem coleta, registro, pesquisa, preservação e devolução à comunidade de bens culturais. Espaço proativo de apoio à educação e à cultura, o museu já nasceu com uma escola – a Escola do Olhar –, cuja proposta museológica é inovadora: propiciar o desenvolvimento de um programa educativo de referência para ações no Brasil e no exterior, conjugando arte e educação com base no programa curatorial que norteia a instituição. O MAR é gerido pelo Instituto Odeon, uma organização social da Cultura, selecionada pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro por edital público. O museu tem o Grupo Globo como mantenedor.

A Escola do Olhar conta com patrocínio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, da Dataprev e One Health via Lei Municipal de Incentivo à Cultura. A Aliansce apoia as visitas educativas - Partiu MAR via Lei Rouanet. A Verde apoia o programa de Formação com Professores da Escola do Olhar via Lei Rouanet. A Vivo patrocina o programa de cultura MAR de Música 2018 através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. O MAR conta também com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, e realização do Ministério da Cultura e do Governo Federal do Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Serviço
Entrada: R$ 20 I R$ 10 (meia-entrada) – para pessoas com até 21 anos, estudantes de escolas particulares, universitários, pessoas com deficiência e servidores públicos da cidade do Rio de Janeiro. O MAR faz parte do Programa Carioca Paga Meia, que oferece meia-entrada aos cariocas e aos moradores da cidade do Rio de Janeiro em todas as instituições culturais vinculadas à Prefeitura. Apresente um documento comprobatório (identidade, comprovante de residência, contas de água, luz, telefone pagas com, no máximo, três meses de emissão) e retire o seu ingresso na bilheteria. Pagamento em dinheiro ou cartão (Visa ou Mastercard).
Bilhete Único: R$ 32 – R$ 16 (meia-entrada) para cariocas e residentes no Rio de Janeiro, mediante apresentação de documentação ou comprovante de residência comprobatórios. Serão considerados documentos comprobatórios aqueles que contenham o local de nascimento, tais como RG, carteira de habilitação, carteira de trabalho, passaporte etc. Serão considerados comprovantes de residência os títulos de cobrança com no máximo 3 (três) meses de emissão, como serviços de água, luz, telefone fixo ou gás natural, devidamente acompanhado de documento oficial de identificação com foto (RG, carteira de habilitação, carteira de trabalho, passaporte etc.) do usuário.
Política de gratuidade: Não pagam entrada – mediante a apresentação de documentação comprobatória – alunos da rede pública (ensinos fundamental e médio), crianças com até 5 anos ou pessoas a partir de 60, professores da rede pública, funcionários de museus, grupos em situação de vulnerabilidade social em visita educativa, Vizinhos do MAR e guias de turismo. Às terças-feiras a entrada é gratuita para o público geral.
Terça a domingo, das 10h às 17h. Às segundas o museu fecha para o público. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (55 21) 3031-2741 ou acesse o site www.museudeartedorio.org.br.

Endereço: Praça Mauá, 5 – Centro - RJ

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31