MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Projeto tem várias ações de apoio aos setores da Cultura e do Turismo


Fonte: divulgação/Secult MG

O Movimento “Arte Salva” foi apresentado nessa terça-feira (2/6) a diversos segmentos da Cultura e do Turismo de Minas, durante live que compõe a série #SecultAoVivo, da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult). Participaram os parceiros do projeto, além do secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, e dos subsecretários Fábio Caldeira (Cultura) e Marina Simião (Turismo).

O #ARteSalva é uma rede solidária formada pelo governo de Minas Gerais, iniciativa privada e entidades da sociedade civil em prol dos realizadores e empreendedores da cultura e turismo do estado. O movimento, em constante construção, reúne uma série de ações de apoio às cadeias produtivas dos dois setores, por meio de articulação e reforço logístico a campanhas de arrecadação de doações, prestação de informações sobre acesso a políticas públicas, linhas de crédito, ações de capacitação, lançamento de editais e outras atividades.

Leônidas Oliveira destacou a importância de se buscar mecanismos para minimizar os danos para as atividades e os profissionais mais atingidos pelos efeitos da pandemia, como as bandas de música, os guias de turismo, artistas de circo, comunidades tradicionais, entre outros. “Os profissionais e empreendedores da cultura e do turismo que foram mais duramente atingidos precisam receber proteção e ajuda, e em prol deles formatamos e estamos dando andamento a este projeto”, afirmou o Secretário.

Grijalva Duarte, diretor de Programas Sociais, Serviços e Operações do Sesc em Minas, explicou como o Sesc está contribuindo, atuando na estruturação do Centro de Operações, no recebimento de doações de alimentos e higiene pessoal, em suas diversas unidades distribuídas pelo estado, assim como na estruturação tecnológica. “Por meio do QRcode é possível alcançar o Brasil como um todo para o recebimento de doações”, disse.

Editais
Durante a live também foi anunciado o lançamento do “Edital Arte Salva – Fundo Estadual de Cultura”, publicado no Diário Oficial do estado nesta terça-feira (2/6). Ao todo, serão destinados R$ 2,5 milhões em premiações para artistas independentes, bandas, profissionais do circo e demais realizadores que compõem a cadeia cultural em Minas Gerais.

Por meio desse edital, serão contemplados 1.315 projetos, que receberão um aporte no valor de R$ 1.900,00 cada para a realização e execução de vídeos de expressão artístico-cultural que serão transmitidos em ambiente digital. Serão contemplados projetos em diferentes linguagens, como música, artes cênicas, artes visuais, audiovisual, patrimônio, literatura e áreas culturais integradas.

Outro edital, que será lançado na próxima semana, destinado a artistas e empreendedores culturais, foi anunciado por Luciano Silva, diretor-executivo da Funarte. Trata-se do Prêmio Funarte Respirarte, de R$ 4 milhões. “Parabenizo o secretário Leônidas Oliveira, sua equipe e também o governo de Minas, pela vanguarda da iniciativa do “Arte Salva”. É um projeto maravilhoso que a cultura tanto precisa. A Funarte se coloca à disposição para ações em conjunto, para que a cultura possa sobreviver e possa ser ajudada nesse momento”, ressaltou Silva.

A importância do #ArteSalva foi discutida também pelo professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Marcelo Jardim, pela produtora e realizadora cultural Danusa Carvalho, e pelo diretor do Minas Arena, Samuel Lloyd. Samuel revelou o lançamento, ainda em junho, de projeto que beneficiará 500 artistas em Minas, através de lives no Mineirão. “Quem acompanhou a live do Skank pode perceber o poder de encantamento e mobilização que o Mineirão tem. Nossa ideia é usar isso para difundir a música autoral de artistas mineiros”, explicou Lloyd.

Edital #ARtesalva em pauta
A próxima live da série #SecultAoVivo terá como tema o edital #ARtesalva, lançando no dia 2 de junho. A equipe técnica da Secult vai tirar as dúvidas, ao vivo, durante conversa com produtores, agentes culturais, artistas e interessados no assunto. O encontro virtual está marcado para a próxima segunda-feria (8/6), às 11h, via plataforma google meet. Fique ligado nas redes sociais da Secult e aqui no site para ter acesso ao link de participação na live.

Todas as lives da série ficam disponíveis no canal da Secult no YouTube. Para conferir esta edição completa, a live está disponivel em: https://www.youtube.com/watch?v=M4wqwSEfamk

Fonte: Secult MG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31