SÃO PAULO, São Paulo - Em setembro, mês em que se celebra o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência (21), a Japan House São Paulo dá continuidade ao desenvolvimento de seu Programa de Acessibilidade, lançado em 2019, e anuncia a inclusão de recursos de acessibilidade, a partir de 17 de setembro, no projeto #JHSPONLINE, iniciativa que traz conteúdo exclusivo sobre o Japão nas plataformas digitais da instituição, como gastronomia, literatura, artes, filosofias, curiosidades, entre outros temas.


Fachada JHSP (Crédito: Estevam Romera)

Entre as novidades, o Programa destaca a inclusão de libras, audiodescrição, legendas (closed caption) e a #pracegover em alguns conteúdos do ambiente online. Este pacote inclui lives disponíveis no canal do Youtube da instituição, como a Conversa sobre o livro Wabi Sabi para artistas, designers, poetas e filósofos, e Brasil e Japão: um elo centenário, além dos vídeos sobre diversos aspectos da cultura nipônica como Sumiê - Lúcia Hiratsuka, uma videoaula com os primeiros passos para quem quer aprender o sumiê, técnica de pintura oriental muito difundida no Japão; Ikebana - Emiko Miji Ide, sobre como montar uma ikebana (arte do arranjo floral) em casa; Tatakizome - Kiri Miyazaki, um passo a passo da técnica de impressão botânica (eco-print) em tecido; Yunomi - Hideko Honma, vídeo explicativo sobre as diferença entre os diferentes utensílios para tomar chá na tradicional cerimônia; entre outros. A ampliação para o ambiente online visa criar oportunidades equitativas para todos os públicos, incluindo os que exigem abordagens diferenciadas, principalmente neste momento de distanciamento social.

“Este amadurecimento de nosso Programa de Acessibilidade é fundamental, pois avançamos no objetivo de amplificar o acesso a todos os públicos de elementos da cultura do Japão de hoje, apresentadas diariamente em nossas plataformas. Entendemos como nossa responsabilidade promover difusão de conteúdo com equidade, em que a diversidade esteja contemplada em todas as atividades”, declara Eric Klug, Presidente da Japan House São Paulo. Inicialmente, o programa da instituição contemplava maquete tátil do edifício com audiodescrição, composta por mapa tátil do entorno da Japan House São Paulo e pranchas táteis de elementos arquitetônicos característicos do espaço; visitas mediadas com audiodescrição via agendamento; disponibilização de mapa tátil em todos os andares do centro cultural; videoguia institucional da Japan House São Paulo com áudio, legendas e libras, e treinamento de equipe interna. “É importante compreender que a acessibilidade digital é um processo, algo em constante evolução e sabemos que ainda temos muito a fazer e estamos trabalhando com este propósito”, completa Klug.

Os conteúdos podem ser acessados no www.youtube.com/japanhousesaopaulo.

Sobre a Japan House São Paulo (JHSP)
A JAPAN HOUSE São Paulo é uma instituição dedicada a mostrar o melhor do Japão do século 21. Inaugurada em maio de 2017, foi a primeira a abrir as portas no mundo, seguida por Los Angeles (inauguração total em agosto/2018) e Londres (inaugurada em junho/2018). Desde sua abertura, o público brasileiro vem sendo convidado a ter uma experiência dos modos de viver do Japão contemporâneo. A JAPAN HOUSE São Paulo promove, em seus três andares, exposições, seminários, workshops e atividades que trazem ao Brasil os mais relevantes criadores e empreendedores japoneses da atualidade nas artes, no design, na moda, na gastronomia, na ciência e na tecnologia. A instituição já recebeu mais de dois milhões de visitantes.

Acompanhe a JAPAN HOUSE São Paulo nas redes sociais
Site: www.japanhouse.jp/saopaulo
Facebook: www.facebook.com/JapanHouseSP/
Instagram: @japanhousesp
Twitter: //twitter.com/japanhousesp
Youtube: www.youtube.com/japanhousesaopaulo

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31