DISTRITO FEDERAL, Brasília - Um dos destinos brasileiros mais procurados pelos amantes do turismo de aventura e de natureza voltou a receber visitantes após meses fechados em decorrência da pandemia de Covid-19


Parque Nacional da Chapada de Diamantina reabre neste sábado. A entrada é gratuita (Crédito: Jota Freitas/Setur-BA)

O Parque Nacional da Chapada Diamantina, localizado a 425 km de Salvador (BA), iniciou, neste sábado (21.11), a primeira fase de reabertura gradual, adotando diversas medidas de biossegurança: uso obrigatório de máscara, diminuição da capacidade de pessoas e agendamento online de visitas. Para saber mais sobre o agendamento, acesse AQUI.

Normalmente, a entrada no Parque Nacional pode ser feita pelas cidades baianas de Andaraí, Ibicoara, Itaetê, Mucugê, Palmeiras e Lençóis. Porém, a primeira etapa de reabertura permite acesso ao Parque Nacional exclusivamente por Lençóis e apenas algumas atrações podem ser visitadas pelos turistas, como as cachoeiras do Sossego, Ribeirão do Meio, Capivari, Mixila, Palmital e a trilha Pai Inácio-Barro Branco.

Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o local, as prefeituras dos seis municípios e o ICMBio vêm dialogando para definir em que momento, e de que forma, as trilhas e atrativos serão reabertos, procurando conciliar a estratégia de prevenção ao coronavírus e as demandas de visitação.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, comemorou a volta das atividades do parque e reforçou a importância de medidas como as previstas no selo Turismo Responsável do MTur para uma retomada segura e sustentável. “A Chapada Diamantina é um importante destino brasileiro que atrai milhares de turistas estrangeiros e nacionais. Os atrativos naturais serão os mais procurados nesse período de retomada e tanto turistas como estabelecimentos devem estar atentos às medidas de proteção para garantir uma viagem e um serviço seguros”, ressalta o ministro.

Protocolos
A entrada no Parque Nacional da Chapada Diamantina é gratuita e será obrigatório seguir os protocolos sanitários necessários. A fim de orientar visitantes e profissionais de turismo que frequentam o local, o ICMBio lançou o guia Normas de reabertura gradual da visitação com diretrizes a respeito da reabertura. Além de normas gerais, o documento traz ainda protocolos específicos para condutores de visitantes e para cada trilha.

Em nota, a Secretaria de Turismo da Bahia afirma que os protocolos desenvolvidos para a Chapada Diamantina levam em consideração as especificidades de cada atividade. “As práticas aquáticas, cicloturismo, observação da vida silvestre, rapel e visitação a cavernas, por exemplo, implicam em cuidados especiais, como o não compartilhamento de máquinas fotográficas, uso de cajados para apoio durante caminhadas e escaladas, produtos especiais para desinfecção de objetos como binóculos e limpeza de utensílios alugados”, afirma trecho da nota.

Reabertura
Diversos Parques Nacionais voltaram a abrir as portas nos últimos meses. Na semana passada, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, foi liberado para receber visitantes gradualmente. Na primeira etapa, está liberado o acesso aos atrativos Véu de Noiva, Cidade de Pedras, Vale do Rio Claro e Morro de São Jerônimo. Também já foram reabertos a Floresta Nacional de Pacotuba (ES), os Parques Nacionais da Serra da Capivara (PI), da Serra do Cipó (MG), da Serra da Canastra (MG), entre outros. Veja AQUI a lista das Unidades de Conservação que já foram reabertas.

Fonte: MTur - Vanessa Castro

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31