RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro – Sem contato físico, tecnologia capta movimento dos visitantes que interagem com sons e imagens em alta definição


IM.FUSION ©Renato Mangolin (Divulgação)

A visitação acontece de acordo com os protocolos das autoridades sanitárias.

O desenvolvimento de novas tecnologias e as conquistas científicas têm impactado a forma como o ser humano se relaciona com a natureza em escalas de proporções paradoxais. Ao mesmo tempo que manipulamos formas diminutas – como vírus e bactérias – exploramos imensidões como a Lua ou Marte. IMFUSION é uma instalação tecnológica que propicia uma experiência lúdica, capaz de despertar reflexões sobre a forma como interagirmos com o micro e o macro, em diferentes contextos e ambientes.

Desenvolvida pela DeepLab Project, produzida pela Dellarte, IMFUSION está aberta ao público, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. O agendamento para experiência é feito no momento da compra do ingresso de acesso ao Museu pelo site da www.ingressorapido.com.br/home. A visitação à instalação está sujeita à disponibilidade dos horários em aberto no dia.

A medida visa cumprir os protocolos estipulados pelas autoridades sanitárias em razão da pandemia de Covid-19, limitando o número de visitantes, tanto no Museu quanto para a IMFUSION. O funcionamento é das 10h às 17h e a instalação poderá ser vista até 29/11.

Do micro ao macro três cenários são explorados: da molécula à diversidade de uma floresta até a imensidão do universo. Em 12 minutos, os visitantes estarão imersos em formas coloridas e interagindo por meio de sensores com projeções plenas de efeitos especiais – gráficos e sonoros. A tecnologia empregada dispensa a necessidade do contato físico e a fantasia se faz por meio da aproximação.
Em uma sala escura, com 5,7 metros de largura, 4 metros de altura, e 10,4 metros de profundidade, câmeras e sensores captam a movimentação da pessoa que passa a interferir randomicamente nas exibições. Uma metáfora da interação do Homem com a natureza.

Apenas seis pessoas são admitidas por sessão, respeitando o distanciamento social. Uma cortina de tecido, com tratamento antibacteriano, e potentes equipamentos de filtragem do ar são parte dos cuidados.

“Os sensores de movimento permitem ao visitante participar da transformação do conteúdo projetado”, conta o idealizador da experiência Felipe Reif. “Queremos reforçar a percepção de que o individual tem reflexo no coletivo, transformando todo o ambiente em que vivemos”, completa. O conteúdo para IMFUSION foi criado por mais de 10 pessoas entre Brasil, Chile e Estados Unidos.

Mesmo projetada antes da pandemia, a instalação já previa a interação sem necessidade de contato físico num trajeto de sentido único para os visitantes, impedindo o retorno ao início. “No atual contexto, essas características foram essenciais para a escolha do projeto produzido pela Dellarte e co-realizado pela BM Produções”, conta Steffen Dauelsberg, diretor executivo da empresa. “São medidas determinantes para o segmento de instalações interativas”, completa o diretor.

“A vinda da IMFUSION para o Museu do Amanhã é parte de nossa estratégia de apresentar novidades aos nossos visitantes. Estamos sempre focados em expandir a narrativa da Exposição de Longa Duração do nosso museu, apresentando ao público, em diferentes formatos e conteúdos, reflexões sobre que Amanhãs queremos construir desde já”, afirma Eduardo Carvalho, editor artístico do IDG, instituição gestora do Museu do Amanhã. “Esta é a primeira atração temporária desde a reabertura do Museu, fechado até setembro devido à pandemia da Covid-19. Estamos sendo bem cuidadosos para que o visitante vivencie esta experiência com segurança e qualidade”, complementa Carvalho.

IMFUSION será levada para outras cidades: “Em dezembro deste ano será a vez de Belo Horizonte e, em 2021, São Paulo”, diz Dauelsberg.


IM.FUSION ©Renato Mangolin (Divulgação)

Em razão da pandemia, o Museu do Amanhã adotou as seguintes medidas
- redução da capacidade de visitantes simultâneos;
- uso obrigatório de máscaras cobrindo nariz e boca;
- medição, na entrada, da temperatura dos colaboradores e do público;
- uso de tapetes sanitizantes;
- totens de álcool gel;
- sinalização de distanciamento entre as pessoas;
- percurso de orientação única;
- higienização constante dos equipamentos interativos.

Serviço
Data: de 29 de outubro a 29 de novembro de 2020
Horário: de quinta-feira a domingo, das 10h às 17h (último horário de entrada às 16h)
Local: Museu do Amanhã, Praça Mauá, 1 - Centro. Rio de Janeiro
Entrada para o Museu: acesse: www.ingressorapido.com.br/home
Ingressos para o Museu: R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia-entrada)
IMPORTANTE: Para participar da experiência é preciso, após a compra do ingresso de acesso ao Museu pelo www.ingressorapido.com.br/home, realizar o agendamento no mesmo site.

SOBRE A DELLARTE 
Produtora de soluções culturais, a Dellarte atua em parceria com os setores público e privado, há quase 40 anos, realizando a curadoria, coordenação e consultoria de grandes eventos de arte, festivais de música, projetos educacionais e digitais. Reconhecida como uma das maiores produtoras da América Latina, vem realizando, nos últimos meses, novos projetos de tecnologia, streaming e redes digitais com a criação do Digital Dellarte.

SOBRE A DEEPLAB
DEEPLAB PROJECT é um estúdio colaborativo que combina inovação, design e tecnologia, criando experiências digitais em escala de arquitetura. Fundado por Felipe Reif e Marcelo Pontes, tem sede no Rio de Janeiro e escritório em São Paulo, desenvolveu experiências para diversos clientes como Museu do Amanhã, Sesc, Oi e H-Stern.

SOBRE O MUSEU DO AMANHÃ
O Museu do Amanhã é um museu de ciências aplicadas que explora as oportunidades e os desafios que a humanidade terá de enfrentar nas próximas décadas a partir das perspectivas da sustentabilidade e da convivência. Inaugurado em dezembro de 2015 pela Prefeitura do Rio, o Museu do Amanhã é um equipamento cultural da Secretaria Municipal de Cultura, que opera sob gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). Exemplo bem-sucedido de parceria entre o poder público e a iniciativa privada, o Museu do Amanhã já recebeu mais de 4 milhões de visitantes desde a inauguração. Tendo como patrocinador máster o Banco Santander, a Shell como mantenedora e uma ampla rede de patrocinadores que inclui empresas como IBM, Engie, Lojas Americanas, Grupo Globo e Renner, o museu foi originalmente concebido pela Fundação Roberto Marinho.

SOBRE A BM PRODUÇÕES
Com múltiplas experiências no desenvolvimento de projetos no Brasil e exterior, realizou exposições em galerias e instituições culturais dos Estados Unidos, Alemanha, Espanha e em Londres. Fundou e administrou a Kunst, galeria com acervo de artistas brasileiros. Atualmente foca sua expertise em projetos de arte e tecnologia em parceria com a Dellarte Soluções Culturais.

SOBRE A YOUSE
A Youse é a plataforma de venda de seguros online da Caixa Seguradora que nasceu em 2016 como a pioneira entre as Insurtechs no Brasil. A marca carrega em seu DNA a inovação contínua para oferecer proteção e bem-estar a seus clientes com soluções tecnológicas e simples. Além de oferecer seguros para carro, casa e vida de maneira 100% online, a Youse empodera seu cliente deixando que ele escolha como, quando e onde contratar seu seguro. Disponível por meio dos sistemas Google Android, Apple iOS e Apple Watch, a empresa também conta com um time de profissionais disponíveis 24h por dia, 7 dias por semana. Acesse: https://www.youse.com.br/ 

IMFUSION tem o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Youse, plataforma de venda online de seguros da Caixa Seguradora, apoio da TIVIT, e realização da BM Produções, Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura - Governo Federal.

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31