RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A professora da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) Alexandra Lima da Silva lançou em novembro, mês da Consciência negra, o livro infantojuvenil As Rosas que o Vento Leva, com ilustrações de Priscila Paula


Reprodução: site da editora

O livro conta a saga da Família S., uma família negra, desde o século XIX aos dias atuais. A partir da curiosidade de Nininha, uma menina alter ego da autora, e sua relação com uma senhora, a Tia Rosa, esta começa a narrar a história de seus antepassados, com destaque para as mulheres negras da família, desde a retirada forçada do continente africano, as dificuldades que passavam negras e negros no Brasil Império e nos primeiros anos de liberdade, já com o País republicano.

Valendo-se de sua vivência como historiadora e vasta experiência com documentos do século XIX, Xandra Lia aguça a atenção da leitora e do leitor ao demonstrar a importância de um sapato criado para a festa de um ano da abolição da escravatura, como ele passa a ser o fio condutor da história da Família S. e de fatos marcantes da história do Brasil. Com muito afeto entre a mais velha e a menina, a obra revela o protagonismo de mulheres negras para sustentar suas filhas e filhos, as perdas de entes queridos e a força para seguir em frente, exemplos de resistência e perseverança.

Professora de História da Educação, Alexandra recebe recursos do programa Jovem Cientista do Nosso Estado da FAPERJ para realização de sua pesquisa sobre autobiografias de pessoas que viveram a dolorosa experiência da escravidão.

Mais informações: https://www.kitabulivraria.com.br

Fonte: FAPERJ

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31