BAHIA, Salvador - O projeto, Arquivo de Miguel Calmon Sobrinho: fonte de pesquisa e informação digital, é destinado a ampliar a disseminação do patrimônio documental baiano, através da utilização de recursos digitais, por meio de uma plataforma digital que permitirá acesso a exposição digital dos documentos, de valor arquivístico, no próximo dia 06 de abril

O arquivo de Miguel Calmon du Pin e Almeida Sobrinho concebido como uma fonte de informação e pesquisa possibilita releituras de uma sociedade através de seus documentos. Apresenta elementos únicos que devem ser mantidos para que não haja fragmentação e subjetividades.

Esta coleção, que retrata parte da vida de Miguel Calmon du Pin e Almeida Sobrinho, ex-Reitor da Universidade Federal da Bahia e ex-Ministro da Fazenda, integra o Arquivo Histórico do Museu Eugênio Teixeira Leal, custodiado pela Fundação Econômico Miguel Calmon. Agora vem a público, através do pleito feito pela Evolution Gestão de Serviços com apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon, (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionado pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

A plataforma digital será de acesso aberto, preservando os princípios de acessibilidade e inclusão digital, com a missão de promover uma experiência netnográfica aos usuários que visitarão o espaço virtual. A valorização do arquivo, como um espaço de pesquisa e difusão digital do conhecimento, democratiza o acesso às informações históricas dos pesquisadores da história baiana e brasileira, bem como, permite à população um maior reconhecimento da função do Arquivo enquanto uma unidade cultural de preservação e disseminação cultural.

Fonte: Secult BA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31