RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Iniciativa visa recuperar edifício de 1957, que sofreu com incêndios e agora precisa de donativos de pessoas físicas ou jurídicas

Foto: divulgação/UFRJ

A UFRJ iniciou campanha para atrair doações privadas para o Fundo de Apoio à recuperação do prédio Jorge Machado Moreira, edificação que sofre com problemas de manutenção e, desde 1957, já passou por dois incêndios, o mais recente no mês de abril. Pessoas físicas ou jurídicas privadas poderão contribuir com o depósito de qualquer valor em uma conta específica aberta no Banco do Brasil. Um Comitê Gestor composto por membros da UFRJ e da Fundação Coppetec irá administrar os recursos, com total transparência para acompanhamento dos donativos e suas aplicações.

Os valores serão utilizados para recuperação dos espaços físicos do prédio e aquisição de equipamentos e mobiliário. Entre as obras previstas para a edificação, estão incluídas revisão geral da parte elétrica, intervenções para recuperação dos pilares e das fachadas, impermeabilização da cobertura dos blocos C e D, recuperação estrutural das áreas afetadas pelos incêndios e implantação do projeto de combate a incêndio e pânico.

A estimativa de custos para a recuperação dos espaços atingidos pelos incêndios está em torno de R$ 4 milhões, enquanto para a recuperação total do edifício, inclusive com adaptações preventivas contra novos sinistros, esse valor estaria próximo de R$ 15 milhões. Os interessados em contribuir com o Fundo de Apoio para a recuperação do prédio Jorge Machado Moreira podem realizar depósito em favor da Fundação Coppetec, na conta-corrente 55.735-8, da agência 2234-9, do Banco do Brasil, remetendo o recibo do depósito para o site da transparência do Fundo de Apoio ou para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Fonte: UFRJ - Sidney Coutinho

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31