RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Reitoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) vai garantir maior celeridade à contratação de professores substitutos e um tratamento mais equilibrado a estes docentes

Imprescindíveis em situações de necessidade temporária, os professores substitutos até então passavam por longo trâmite burocrático, o que gerava atraso na entrada em sala de aula e nos pagamentos. A nova norma, além de simplificar o processo, estabelece carga horária de 20 horas semanais e possibilidade de vínculo por até dois anos, renováveis por mais um, favorecendo o maior envolvimento e compromisso dos docentes. Pelo Ato Executivo de Decisão Administrativa (Aeda) 043/2021, nos contratos iniciados a partir de 2022, os substitutos terão vencimento equivalente ao dos auxiliares da carreira docente da Uerj. O documento determina que pelo menos 60% das 20 horas sejam destinadas à regência, ficando o restante do tempo livre para as demais necessidades pedagógicas.

Atualmente a Uerj tem 220 desses contratos em vigor.

Fonte: FAPERJ

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31