SÃO PAULO, São Paulo - Obra sobre a identidade paulista será lançada nesta quarta-feira, dia 22, às 18 horas, na Livraria Martins Fontes, em São Paulo


O livro de Barbara Weinstein, que será lançado nesta quarta-feira pela Editora da USP – Foto: Reprodução

A Cor da Modernidade – A Branquitude e a Formação da Identidade Paulista, de Barbara Weinstein, é o título do livro que a Editora da USP (Edusp) vai lançar nesta quarta-feira, dia 22, a partir das 18 horas, na Livraria Martins Fontes (Avenida Paulista, 509, em São Paulo). A tradução é de Ana Maria Fiorini.

No livro, Barbara Weinstein analisa a Revolução Constitucionalista de 1932 e suas representações nas comemorações do 4º Centenário da fundação da cidade, em 1954. “Unindo os dois acontecimentos, o sentimento regional e a construção da identidade paulista, a autora se debruça sobre conceitos e problemas centrais para a compreensão da história do Brasil do século 20: nação e região, identidade, branquitude, raça, gênero, modernidade e progresso”, segundo sinopse divulgada pela Edusp. “Ao rever a interpretação da formação regional paulista, sugerindo que as questões de raça e de gênero se encontram no cerne da construção de uma identidade que se tem como branca, viril, afeita ao progresso, A Cor da Modernidade apresenta uma nova visão da integração de São Paulo na nação, denunciando a exclusão de negros e mulheres do protagonismo histórico.”

Nascida em 1952 em Nova York, nos Estados Unidos, Barbara Weinstein é professora de História da América Latina e do Caribe na Universidade de Nova York. Ela investiga principalmente temas ligados a raça, gênero, trabalho e economia política em relação à formação do Brasil moderno. A Cor da Modernidade é tradução de seu livro The Color of Modernity – São Paulo and the Making of Race and Nation in Brazil, publicado em 2015 pela Duke University Press. Ela é autora também de The Amazon Rubber Boom (1850-1920), lançado em 1983 pela Stanford University Press, e de For Social Peace in Brazil: Industrialists and the Remaking of the Working Class in São Paulo (1920-1964), publicado em 1996 pela University of North Carolina Press.

O lançamento do livro A Cor da Modernidade – A Branquitude e a Formação da Identidade Paulista, de Barbara Weinstein, acontece nesta quarta-feira, dia 22, às 18 horas, na livraria Martins Fontes (Avenida Paulista, 590, em São Paulo). Convênio com estacionamento na Rua Manoel da Nóbrega, 88 ou 95. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 2167-9900.

Fonte: Jornal da USP

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31