BAHIA, Salvador - O Programa Monitores Amigos do Museu de Arte Moderna (PMA-MAM-Bahia) é uma iniciativa inédita no setor artístico-cultural da Bahia por ser formatado com planejamento e execução visando permanência e continuidade


Foto: divulgação

"Abrimos esse programa no museu pois percebemos a grande quantidade de pessoas que desejam participar da experiência pessoal e profissional atuando nos nossos projetos e atividades que sempre necessitam de colaborações diante da sua dimensão física, conceitual e simbólica", explica o diretor do MAM-Bahia, Pola Ribeiro, também especialista em Gestão pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Administração/UFBA.

Os participantes atuam, no máximo, uma ou duas vezes por semana e em troca o museu propicia experiência especializada, capacitação com palestras e visitas guiadas, dentre outros benefícios e certificado final ao término do período que não podem ultrapassar oito horas semanais e nem um mês de doação. Os voluntários atuam junto ao acervo cultural e as ações educativas do museu. Inscrições estão no link http://www.estadovoluntario.ba.gov.br/projetos/programa_voluntarios_amigos_do_mam.

A iniciativa acontece graças a Plataforma Bahia.Estado Voluntário potencializando as ações do museu por meio da participação cidadã. O Bahia.Estado Voluntário foi desenvolvido pela Secretaria da Administração (Saeb) em conjunto com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). A SAEB tem sido apoiadora e incentivadora frequente dessa experiência no MAM.


Foto: divulgação

DIVERSIDADE e ESTADO.VOLUNTÁRIO
"A iniciativa no MAM-Bahia tem um espectro amplo e que prima pela diversidade, podendo participar pessoas de 18 anos (ou de 17 que completará 18 no próximo mês) a 61 anos, com percentual garantido para pessoas que se auto intitulam LGBTQIA+, atingindo desde estudantes técnicos e universitários, até aposentados, além de funcionários públicos, jornalistas, fotógrafos, educadores e afroempreendedores, dentre outras categorias", detalha a coordenadora do Programa no MAM, Flora Benoliel.

Desses voluntários 40 % estão conhecendo o MAM pela 1ª vez e 20 % possuem ligação afetiva ou memórias de visitas escolares. Atualmente o programa atende a demanda de monitores para a exposição 'Encruzilhada' no MAM que está aberta gratuitamente ao público de terça-feira a domingo, das 13h às 18h. No link (que também está na BIO do perfil @bahiamam no Instagram), os candidatos encontram uma ficha cadastral para ser preenchida e as dúvidas podem ser respondidas através do endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou telefone (71) 3117-6144.

O MAM-Bahia é um equipamento público, gratuito e que propõe atividades ligadas às mais variadas linguagens artísticas. Atualmente o museu detém um acervo de obras de arte modernistas, contemporâneas e populares contabilizando cerca de 1,4 mil itens, ocupando um complexo arquitetônico originário do século XVII, tombado pelo IPHAN (1943) como Patrimônio do Brasil. Acesse: www.mam.ba.gov.br, redes sociais (instagram e facebook) ou telefone (71) 31176132 e 31176139 (segunda a sexta, 9h às 12h e 13h às 15h). O MAM é um equipamento da Secretaria de Cultura/IPAC.

Fonte: SecultBA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31