RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Com foco na cultura produzida pelas populações negra e indígena, o o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Neabi/UFRJ) está realizando o evento Temporadas Artenegríndias, ação com mais de quatro meses de duração, que vai até a 20 de dezembro

Marco na cultura brasileira, a Semana de Arte Moderna de 1922 rompeu com um mimetismo artístico-cultural europeu e trouxe a noção de sociedade brasileira sob o ponto de vista dos próprios artistas brasileiros. No entanto, apesar de ter criado uma estética singular, os novos formatos não alteraram os estereótipos sobre povos originários e negros em diáspora, nem deu a eles o espaço de exposição de suas próprias obras. Com intuito de difundir a arte negra e indígena nas comemorações do centenário da efeméride, o Neabi promoverá mesas, rodas de conversa e de leitura, palestras, oficinas de pintura, bem como dança, shows, performances artísticas, entre outros — todos abertos ao público em geral. As atividades acontecerão em diversos campi da UFRJ: Fundão, Praia Vermelha, Centro, Macaé, Caxias, ou em espaços parceiros, fora da Universidade. O local sempre estará sinalizado em cada atividade divulgada, a partir de publicações na rede social Instagram. A maioria dos encontros será presencial, mas algumas atividades serão gravadas e posteriormente divulgadas no Youtube do núcleo.

O canal oficial para acompanhamento da programação e agenda do evento é o Instagram @neabiufrj.

Em caso de dúvidas sobre a programação, envie um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fonte: Faperj

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31