SÃO PAULO, São Paulo - No dia 24 de junho, o Memorial da Resistência, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, realizará mais uma edição do Sábado Resistente, projeto realizado em parceria com o Núcleo de Preservação da Memória Política.

O evento será às 14h, e lançará o livro 'Crimes da Ditadura Militar', desenvolvido pelo Ministério Público Federal nos últimos cinco anos.

A obra, com quase 350 páginas, contém um resumo de todas as 27 ações penais ajuizadas até o presente, em face de 47 agentes envolvidos em 43 crimes cometidos contra 37 pessoas. Gráficos e tabelas detalham as ações penais para processar e julgar tais crimes, com informações sobre ano de instauração das ações, localidade da subseção judiciária, identificação dos denunciados e decisões proferidas por instância.

O material produzido nas investigações em curso foi parcialmente disponibilizado na publicação e representa uma importante fonte de pesquisa histórica a respeito da organização e dos métodos utilizados pelo Estado ditatorial.

Completam a obra esclarecimentos sobre todas as teses jurídicas desenvolvidas pelo MPF para dar cumprimento à sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos, que condenou o Brasil em 2010 a investigar e punir os crimes da ditadura militar, e depoimentos dos familiares de desaparecidos políticos, como Marcelo Paiva, Victória Grabois, Amelinha Teles e Iara Xavier Pereira.

Programação
14h – Boas vindas – Marília Bonas (Memorial da Resistência de São Paulo)
14h10 – Coordenação – Oswaldo Oliveira (Núcleo de Preservação da Memória Política)
14h20 – Mesa Redonda
Luiza Cristina Frischeisen é Subprocuradora Geral da República, coordenadora da Câmara de Coordenação em Matéria Criminal do Ministério Público Federal e membro do Conselho Superior do Ministério Público Federal. Doutora em Direito pela USP.
Sergio Gardenghi Suiama é Procurador da República no Rio de Janeiro, coordenador do GT sobre Justiça de Transição do MPF/RJ e autor do relatório sobre a atuação do MPF em matéria de crimes da ditadura militar. Mestre em Direito pela Universidade de Columbia.
José Carlos Moreira da Silva FIlho é professor na Escola de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Programa de Pós-Graduação em Ciências Criminais e Graduação em Direito). Ex-Vice-Presidente da Comissão de Anistia do Brasil; bolsista Produtividade em Pesquisa do CNPq; autor do livro "Justiça de Transição - da ditadura civil-militar ao debate justransicional", publicado em 2015 pela Editora Livraria do Advogado.
16h10 – Debate

Serviço
Memorial da Resistência de São Paulo
Endereço: Largo General Osório, 66 – Luz - Auditório Vitae – 5º andar
Telefone: (011) 3335-4990/ Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Aberto de quarta a segunda (fechado às terças)
Entrada Gratuita

Fonte: SEC SP

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31