DISTRITO FEDERAL, Brasília - Como ações educativas podem auxiliar na preservação da memória coletiva? Quais são as principais estratégias no trabalho de educação patrimonial? Essas são algumas questões que a roda de conversa 'Patrimônio Cultural, Cidadania e Educação Patrimonial' pretende abordar.

Com o objetivo de apresentar as diretrizes de Educação Patrimonial do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e fomentar o debate sobre o tema, o evento é realizado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Artístico (CONDEPHAT) de Tatuí (SP), em parceria com a Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude da Prefeitura Municipal.

Foto: divulgação

Além de apresentar os princípios de Educação Patrimonial do Iphan, a roda de conversa busca refletir qual a relação da educação para a mobilização social no campo do patrimônio. A coordenadora de Educação Patrimonial do Iphan, Sônia Rampim, que será a mediadora do encontro, explica que as estratégias educativas são fundamentais para propiciar a interação social entre o poder público e os diversos atores sociais envolvidos e preocupados com a preservação da memória coletiva.

O encontro, direcionado a professores e gestores culturais do município, também será aberto aos demais interessados. Acontecerá no dia 31 de março no Centro de Artes e Esportes Unificados Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires e será gratuito. As inscrições devem ser feitas no dia do evento.

Serviço
Roda de conversa 'Patrimônio Cultural, Cidadania e Educação Patrimonial'
Data: 31 de março de 2018, sábado, 9h30
Local: Centro de Artes e Esportes Unificados Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires, em Tatuí (SP)

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31