DISTRITO FEDERAL, Brasília - O Ministério da Cultura emitiu nota de pesar pelo falecimento do cineasta Nelson Pereira dos Santos.

Foto: divulgação

Confira a nota na íntegra
É com pesar que o Ministério da Cultura recebe a notícia da morte do diretor de cinema Nelson Pereira dos Santos, aos 89 anos, neste sábado (21/4). Internado para tratar uma pneumonia, foi diagnosticado um tumor no fígado.

Um dos mais renomados cineastas brasileiros, foi precursor do Cinema Novo e integrante da retomada do cinema nacional na década de 1990. Dirigiu filmes como Rio 40 graus, Amuleto de Ogum e levou ao cinema clássicos da literatura como Vidas Secas e Memórias do Cárcere , de Graciliano Ramos, uma adaptação da peça de Nelson Rodrigues, Boca de Ouro, e Tenda dos Milagres, de Jorge Amado, entre outros.

Foi fundador do primeiro curso de cinema do Brasil, na Universidade de Brasília, e lecionou ainda nos Estados Unidos. Foi o primeiro cineasta a integrar a Academia Brasileira de Letras (ABL),desde 2006.

O MinC presta sua solidariedade a familiares, amigos e fãs.

Assessoria de Comunicação

Ministério da Cultura

Fonte: MinC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31