DISTRITO FEDERAL, Brasília - O Ministério da Educação (MEC) liberou esta semana R$ 729,1 milhões em limite de empenho para universidades federais, instituições da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica e hospitais de ensino vinculados ao governo federal.

“Com essa verba, o MEC assegura às instituições federais de ensino 100% de execução das despesas de custeio e investimento em fontes do Tesouro”, informou a pasta.

Por meio de nota, o ministério destacou que, até o momento, foram liberados limites de empenho no valor de R$ 8,2 bilhões para despesas discricionárias, sendo R$ 7,5 bilhões em custeio e R$ 702,1 milhões em investimento.

Os recursos das despesas discricionárias, de acordo com a pasta, são geridos pelas próprias universidades, no âmbito de sua autonomia administrativa, incluindo gastos com funcionamento, obras, contratação de serviços de terceirização de mão de obra e despesas com assistência estudantil.

Fonte: Agência Brasil - Paula Laboissière

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31