DISTRITO FEDERAL, Brasília - A comissão que fará a proposta foi criada por meio de portaria publicada no DOU.


Foto: divulgação/Capes

A finalidade é melhorar a comunicação de estudantes e professores em outras línguas.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) criou uma comissão especial que fará estudos técnicos para o oferecimento de cursos que aumentem a competência linguística de alunos e professores da pós-graduação. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de quinta-feira, 23, pela Portaria n° 103/2020.

Em apoio à Diretoria de Relações Internacionais (DRI) a comissão debaterá com especialistas e definirá metas de acompanhamento na criação de programas-piloto de línguas específicos para a pós-graduação, de modo a desenvolver competências linguísticas, midiáticas e científicas deste grupo.

A partir dessa iniciativa, serão iniciadas ações cujo objetivo é ajudar alunos e professores a se comunicarem em outros idiomas que facilitem a produção de pesquisas acadêmicas, mobilidade e outras práticas, no contexto de internacionalização e acolhimento.

Em 60 dias, a comissão deverá apresentar um relatório final dos trabalhos, sendo admitida uma única prorrogação deste prazo por igual período.

Fonte: CCS/CAPES

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31