SÃO PAULO, São Paulo - Atividades culturais celebram a data com o público virtualmente

No próximo domingo, 20 de setembro, o Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, completa 54 anos de atuação em Tupã (SP). Para comemorar, o equipamento cultural preparou uma agenda especial com atividades on-line para todos os públicos.

Nesta quarta-feira (16), as educadoras Valquíria, Gabriela e Lilian contaram, em vídeo, a história “A Lenda da Primavera”. A narrativa integra o projeto “Vem que eu te conto um conto” que desenvolve, por meio da ludicidade, o conhecimento referente aos povos indígenas brasileiros e aos imigrantes que contribuíram para formação identitária e o crescimento da cidade. Ainda, objetiva-se estimular a leitura e a compreensão do visitante fora do âmbito escolar, oportunizando a difusão cultural.

No dia 20, data oficial do aniversário, Tamimi Borsatto, gerente do Museu, participará do programa e contará a história do equipamento desde a criação e suas principais temáticas. Na sequência, os interessados poderão responder a um divertido e informativo quiz sobre o local.

Ainda no dia 20 tem mais uma edição do programa Família no Museu, que integra os internautas ao Museu por meio de oficinas virtuais. As educadoras do equipamento ensinarão o público a produzir um buquê de flores em E.V.A para comemorar, também, a chegada da primavera. Dia 27, tem novo vídeo. Desta vez, adultos e crianças aprenderão a fazer um desenho mágico com canetas de quadro branco e água.

Para integrar as atividades de celebração aos 54 anos do Museu Índia Vanuíre, os interessados devem acessar as redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter ou TikTok – @museuindiavanuire) ou ficar ligado no site: www.museuindiavanuire.org.br/culturaemcasa.

Sobre o Museu Índia Vanuíre
Em 1966, o Museu Índia Vanuíre foi criado por Luiz de Souza Leão no contexto de implantação da rede dos Museus Históricos e Pedagógicos do estado de São Paulo. Deve-se a ele a definição dos dois eixos temáticos do Museu – história local e etnografia. Hoje, após atualização museológica, os eixos se cruzam para problematizar o território onde a instituição se insere, explorar as construções de memórias de seus habitantes, indígenas e não indígenas, e exercer as funções social e educacional nos princípios democráticos e interculturais.

O Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre é uma instituição local que dialoga com o global, contribuindo com as suas questões específicas e únicas. Ele se realiza por meio das diversas ações curatoriais, com destaque à comunicação por meio de exposições e ações educativas.

Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa - SP

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31