BAHIA, Salvador - Na próxima sexta-feira (16/10), às 18h, o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica promove a live “Narrativas visuais em azulejaria” no Instagram @museusdabahia

O bate-papo será com Sávio Roz (historiador, mestre em História, paleógrafo).

De acordo com o convidado, azulejos contam histórias; eles podem falar de uma passagem do tempo pelo que são, como podem falar de uma história que representam. “São narrativas visuais de quando foram feitas ou sobre o que dizem em figuras e traçados. É o caso do artista Udo Knoff, que tem sua história contada em azulejos e contou histórias com os mesmos. O alemão apaixonado pela Bahia somou sua arte com a tradição baiana de origem ibérica a azulejaria. Como professor, não demorou a reunir vestígios de história da Bahia em forma de azulejos. Marcas do tempo da história de Salvador estão em riscos coloridos em pequenos quadros cerâmicos. As histórias desses quadrinhos montam quadros maiores de narrativas visuais”, explica.

O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Pelourinho) dispõe de dois ambientes ocupados por materiais referentes à arte da cerâmica e do azulejo. A área inferior expõe as peças criadas pelo ceramista Udo Knoff – idealizador do museu -, além de proporcionar uma visão cronológica da existência do azulejo disposta do século XV ao XX, incluindo sua chegada ao Brasil, no século XVII. O segundo andar é ocupado por exposições temporárias. O museu integra os espaços administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC) da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

Fonte: SecultBA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31